Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
ProUni

Bolsa de mestrado nos Estados Unidos muda a vida de estudante mineiro

Quarta-feira, 08 de dezembro de 2010 - 12:10
Amigos em Athens: os ucranianos Mykahylo e Tanya (E), o espanhol Luis (C), Poliana e Bruno (foto: arquivo de Bruno Vieira)Com estudo, esforço e persistência, Bruno Vieira, 23 anos, mudou o rumo da sua vida. Ele é bolsista de mestrado em economia e finanças na Ohio University, dos Estados Unidos, desde setembro de 2009. Uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni) no primeiro semestre de 2005 marca o começo dessa trajetória. O estudante faz o master of financial economics, com prioridade em mercados e ativos financeiros.

“No passado, meu sonho era ser office-boy; ficaria feliz por trabalhar em um escritório, carregar documentos e fazer cópias”, diz Bruno, mineiro de Belo Horizonte. “Hoje, o céu é o limite; em poucos meses, poderei trabalhar em Wall Street, São Paulo ou qualquer centro financeiro do mundo, não fazendo cópias, mas tomando decisões importantes que terão impacto na vida de muitos.”

A curta trajetória entre a escolha do curso de graduação na Faculdade Minas Gerais (Famig), em 2005, até o mestrado, este ano, é vista pelo estudante não como um salto, mas como uma escadaria com muitos degraus. Ao conseguir a bolsa do ProUni, Bruno não tinha a menor idéia do curso a escolher. Tanto que fez opções para psicologia, engenharia de telecomunicações e administração. Este último foi indicado porque alguns testes vocacionais, feitos pela internet, sinalizavam aptidão para a área. E foi com essa opção que Bruno, aos 17 anos, conseguiu a bolsa integral, em uma universidade que não conhecia. “Escolhi a Famig por ser próxima do metrô”, revela.

Bruno não sabia o que era um curso superior de administração. Muito menos, sua família. O anúncio da bolsa não entusiasmou pais e irmãos — a família desejava, mesmo, que o filho caçula conseguisse um trabalho. No entanto, desse começo, sem entusiasmo familiar, nasceu a oportunidade, bem aproveitada pelo adolescente. Bruno é casado com Poliana, que cursa contabilidade em Belo Horizonte, com bolsa do ProUni, e trabalha para ajudar o marido a sustentar os estudos em Ohio.

Mesmo com as dificuldades financeiras, Bruno se considera vitorioso com o que conquistou e com as possibilidades. “Estudo por conta própria, leio, faço cursos, me atualizo e estou nesse mestrado”, destaca. “Faço parte de um seleto grupo que gerencia um portfólio, acima de US$ 1 milhão, para a Universidade de Ohio; sou analista buy side e estou feliz.”

Ionice Lorenzoni

Leia também...
Surgimento do programa ajuda a concretizar um novo sonho
Emprego, estudos e tempo até para trabalho como voluntário
Na busca do título, desafios, apertos financeiros e amigos
Palavras-chave: ProUni, bolsista, Ohio University