Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Decreto sobre educação a distância recebe contribuições
Início do conteúdo da página
Notícias

Viagem empolga jovens embaixadores

  • Quinta-feira, 27 de janeiro de 2005, 12h49

Os estudantes que participaram da terceira edição do Programa Jovens Embaixadores voltaram ao Brasil no dia 23. São 20 jovens, entre 15 e 18 anos, com ótimo desempenho acadêmico em escolas públicas ou bolsistas integrais em instituições privadas. Eles foram escolhidos entre 1,2 mil estudantes, de 14 estados, para uma visita de duas semanas aos Estados Unidos.

Para os jovens embaixadores, o momento especial da viagem foi o encontro com Colin Powell, na época secretário de Estado norte-americano, na sede do Departamento de Estado, em Washington. "A viagem abriu minha cabeça em relação a outros povos e culturas", disse Rafaela Najara Rosa de Sena, 15 anos, aluna do segundo ano do ensino médio da Escola Estadual Luiz Prisco de Braga, de João Monlevade (Minas Gerais). Ela voltou motivada para intensificar os estudos e o trabalho social no Asilo Lar São José. Aos sábados, ela conversa e corta unhas de 50 idosos.

Simon do Vale Nascimento, 17 anos, aluno do terceiro ano do ensino médio no Colégio Estadual João Netto de Campos, em Catalão (Goiás), reafirmou a idéia de se especializar para ser professor de inglês. Ele é um dos monitores da classe e ensina inglês gratuitamente aos colegas de turma.

Os jovens embaixadores visitaram os Estados Unidos de 8 a 24 de janeiro. Eles assistiram a uma palestra na sede do Partners of the Americas (Companheiros das Américas), em Washington; visitaram monumentos e museus no National Mall (como o Abraham Lincoln Memorial), além de quatro museus da Fundação Smithsonian, como o recentemente aberto Museu do Índio Americano; assistiram a aulas na Escola Pública Secundária Woodrow Wilson e visitaram a Embaixada Brasileira, a Catedral Nacional e o Centro de Artes John F. Kennedy. A programação incluiu atividades e visitas aos estados de Illinois, Indiana, Nebraska, Tennessee e Virgínia Ocidental.

Interação - Segundo o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, John Danilovich, a Embaixada Norte-Americana pretende aumentar a interação entre os dois países. As inscrições para a próxima etapa devem ser abertas em julho. Mais informações na página da Embaixada.

Na primeira fase, a seleção dos candidatos é feita, em cada estado, por instituições parceiras da Embaixada. Na segunda, são escolhidos os finalistas, em Brasília. Cada candidato passa por testes orais e práticos de língua inglesa e entrevistas.

Sonia Jacinto

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página