Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Educação profissional

Institutos federais desenvolvem parceria com liceus da França

  • Quinta-feira, 16 de junho de 2011, 11h59
Os Institutos Federais do Rio de Janeiro e de Santa Catarina desenvolvem projetos em parceria com liceus franceses nas áreas de saúde e assistência social e de turismo, hotelaria e gastronomia. A cooperação internacional entre Brasil e França resulta de protocolo assinado entre os dois países, em 2008, para o desenvolvimento de pesquisas conjuntas, formação de professores, transferência de tecnologia, aprimoramento de práticas de gestão e intercâmbio de experiências pedagógicas.

O instituto federal do Rio de Janeiro atua no eixo tecnológico de ambiente, saúde e segurança desde os anos 1980. Oferece cursos técnicos de alimentos, biotecnologia, farmácia, controle ambiental e segurança do trabalho. Recentemente, com a expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, criou o campus de Realengo, na Zona Oeste carioca, voltado para o ensino de saúde. O campus oferece os cursos de graduação de farmácia, fisioterapia e terapia ocupacional; na modalidade de educação a distância, o curso técnico de agente comunitário de saúde. Na área de saúde pública e assistência social, a parceria foi feita com o Lycée Valentine Labbé e com o Lycée Louise Michell.

Segundo a pró-reitora de ensino de graduação do instituto, Mônica Romitelli de Queiroz, o principal interesse dos parceiros franceses é conhecer os programas de iniciação científica júnior e demais programas de pesquisa. Os franceses buscam também subsídios para combater os índices de evasão. Foram organizadas visitas técnicas de reconhecimento mútuo entre os dois países e está prevista a ida de professores e gestores brasileiros envolvidos com as áreas de interesse.

Com tradição na oferta de cursos na área de turismo, gastronomia e hotelaria, com diversos cursos nas duas áreas, o campus Florianópolis Continente do instituto federal de Santa Catarina desenvolve projeto de cooperação nas três áreas com o Lycée d’Hotelerie et de Tourisme de Saint-Quentin e o Lycée d’Hotelerie la Rochelle.

O intercâmbio de alunos e ex-alunos permite a especialização em técnicas de produção e serviços de alimentos e bebidas, além de panificação, confeitaria e operacionalização de serviços de hospedagem. Outra meta da parceria é a promoção da formação contínua de professores para o ensino de técnicas francesas de produção e serviços de alimentos e bebidas.

Segundo a coordenadora brasileira do projeto, Fabiana Mortimer Amaral, o campus Florianópolis Continente oferece cursos gratuitos na área de hospedagem e lazer. Em outubro, uma equipe de brasileiros irá à França para se aperfeiçoar em turismo ligado a eventos. Em novembro, uma equipe francesa virá ao Brasil para conhecer a temática de turismo ligado a grandes eventos, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, ambas no Brasil.

Ana Júlia Silva de Souza
X
Fim do conteúdo da página