Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Encontro de Reitores fortalece intercâmbio entre Brasil e Cuba
Início do conteúdo da página
Notícias

Encontro de Reitores fortalece intercâmbio entre Brasil e Cuba

  • Terça-feira, 01 de fevereiro de 2005, 15h40

Reitores de universidades e diretores do Ministério da Educação Superior de Cuba (MES) conheceram, durante o Encontro de Reitores, realizado de 23 a 29 de janeiro, em Havana, as propostas contidas no anteprojeto de lei da reforma universitária brasileira. Elas foram apresentadas pelo diretor do Departamento de Supervisão do Ensino Superior da Secretaria de Educação Superior (SESu/MEC), Mário Pederneiras. O evento, que contou com o apoio da Embaixada do Brasil em Cuba, foi organizado pelo Ministério de Educação Superior de Cuba.

O encontro também promoveu o estreitamento das relações de cooperação entre os dois países e colaborou para fortalecer o intercâmbio de experiências acadêmicas, científicas e culturais entre as universidades federais brasileiras e universidades cubanas. A delegação brasileira foi presidida pela reitora Ana Lúcia Gazzola, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e também presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

Cerca de 28 dirigentes brasileiros de instituições federais de ensino superior também participaram do evento. De acordo com Ana Lúcia, a reunião com os reitores cubanos representou um passo à frente na consolidação e fortalecimento do bloco regional das redes universitárias. Os dirigentes brasileiros foram recepcionados pelo reitor da Universidade de Havana, Juan Vela Valdés, que presidiu a delegação cubana e abriu o encontro.

Valdés lembrou que a Universidade de Havana conta com uma cátedra para estudos do Brasil e convidou os reitores brasileiros a fazer parte da União de Universidades da América Latina (Udual), entidade que preside.

Ao fazer um panorama da educação superior no Brasil, Ana Lúcia Gazzola destacou o crescimento dos estudos de pós-graduação, que formou 28 mil mestres e oito mil doutores, em 2004. Os representantes cubanos apresentaram as ações do país para a universalização do ensino superior em Cuba e os programas de pesquisa científica, em harmonia com as prioridades nacionais.

Houve consenso da necessidade de integração latino-americana e da realização de uma reunião entre representantes do MES, MEC (SESu/Capes) e Andifes, para discutir propostas e parâmetros para a cooperação na pós-graduação. A reunião deve ocorrer no final de fevereiro, no Brasil, em local ainda a ser definido.

Resultado - Entre as decisões do Encontro de Reitores, em Havana, está o fortalecimento do intercâmbio de professores, pesquisadores e estudantes entre Brasil e Cuba, com o propósito de obter benefícios concretos em áreas prioritárias para o desenvolvimento acadêmico e científico universitário.

O uso comum de equipamentos para pesquisa e a constituição de uma plataforma comum de divulgação dos resultados, na área científico-tecnológica, também fizeram parte das decisões em prol do fortalecimento e da valorização da pesquisa nos dois países. Também ficou acordado que será estimulada a elaboração de projetos conjuntos de pesquisa que beneficiem as próprias instituições ou ajudem na solução de problemas socioeconômicos, a serem apresentados ao governo brasileiro por meio do MEC.

O próximo Encontro de Reitores de Universidades Federais Brasileiras, e Universidades Cubanas será realizado no primeiro trimestre de 2006, no Brasil.

Sonia Jacinto com informações da Assessoria de Comunicação da Andifes

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página