Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias
Início do conteúdo da página
ProUni

Bolsa-permanência pode ser ampliada, afirma secretário

  • Terça-feira, 10 de setembro de 2013, 19h14
Em reunião da Comissão Nacional de Acompanhamento e Controle Social do ProUni (Conap), realizada nesta terça-feira, 10, em Brasília, o secretário de Educação Superior (Sesu), Paulo Speller, afirmou que o Ministério da Educação estuda formas de ampliar a abrangência da bolsa-permanência.

A bolsa-permanência é uma ação de auxílio financeiro para estudantes de baixa renda das instituições federais de ensino superior. É concedida aos estudantes que atendam os critérios para a política de cotas, estejam matriculados em cursos com carga horária maior que cinco horas diárias e que tenham renda per capta familiar mensal de até 1,5 salários mínimos. Seu valor é de R$ 400,00.

 

O primeiro passo, segundo Speller, é ampliar o benefício para os estudantes das universidades federais, onde o impacto é menor. “A bolsa-permanência para o ProUni [Programa Universidade para Todos] é uma prioridade, e está sendo estudada uma forma de ampliar o benefício para os estudantes que têm bolsa integral do programa”, disse.

 

Com objetivo de democratizar o acesso à educação superior, o ProUni já concedeu mais de 1,2 milhão de bolsas. “Ainda há espaço para aperfeiçoar o ProUni e é nessa relação com a Conap que estamos buscando avançar”, concluiu Speller.

 

A Conap é um órgão consultivo colegiado que busca o aperfeiçoamento e o cumprimento da proposta de democratização do ProUni. A Comissão atua para oferecer aos estudantes brasileiros uma educação superior de qualidade.


Diego Rocha

 

X
Fim do conteúdo da página