Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > MEC promove audiência pública para plano de educação escolar indígena
Início do conteúdo da página
Notícias

Inep organiza prova para certificar competências de jovens e adultos

  • Sexta-feira, 11 de março de 2005, 14h41

O Brasil tem hoje cerca 30 milhões de jovens entre 16 e 24 anos, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Destes, aproximadamente 16 milhões estão fora da sala de aula. Pensando nessa população e em dar a ela uma oportunidade de voltar às escolas na idade adequada, o MEC organizou o Exame Nacional de Certificação de Competência de Jovens e Adultos (Encceja).

Com data de realização marcada para os dias 24 e 25 de setembro, o Encceja poderá ser utilizado pelas secretarias estaduais e municipais de educação e do Distrito Federal como instrumento de certificação de conclusão dos níveis fundamental e médio. Também poderá servir como instrumento para a avaliação dos programas da educação de jovens e adultos. As secretarias de educação interessadas têm até o dia 13 de maio para aderirem ao exame.

A elaboração das provas ficará por conta do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC), assim como a elaboração de todo o material necessário à realização das provas. Às secretarias de educação, que aderirem ao exame, caberão a definição e divulgação dos critérios de utilização dos resultados, a inscrição dos candidatos, a aplicação e correção do exame e o envio das informações ao Inep para estruturação de um banco de dados.

Também será de responsabilidade de cada secretaria, quando for o caso, a emissão do certificado de conclusão do ensino fundamental e médio, conforme define a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). A adesão ao Encceja, por parte das secretarias é voluntária. O gestor estadual ou municipal interessado deverá entrar em contato com a Diretoria de Avaliação para Certificação de Competência do Inep, pelos telefones 2104-9090 e 2104-8521, para iniciar o processo de adesão.

Provas - Serão elaboradas quatro provas para o ensino fundamental e quatro para o médio, uma para cada área do conhecimento, de acordo com a legislação em vigor. A aplicação ocorrerá em dias diferentes. As provas foram organizadas a partir de competências e habilidades vinculadas às disciplinas e áreas do conhecimento que estruturam a educação básica no Brasil. Em cada prova, serão avaliadas cinco competências: domínio de linguagens; compreensão de fenômenos; enfrentamento e resolução de situações-problema; capacidade de argumentação; e elaboração de propostas.

A prova que envolve a língua portuguesa consta de questões de múltipla escolha, que valem 50 pontos, e de uma redação, que também contará 50 pontos. As demais áreas terão questões de múltipla escolha, valendo 100 pontos. Em todos os casos, as provas totalizam 100 pontos. Caso seja reprovado em alguma área, o participante não precisará repetir todas as provas no ano seguinte. Fará apenas aquela em que não conseguiu a aprovação.

As provas serão aplicadas nos dias 24 e 25 de setembro em todos os estados, conforme termo de compromisso que será assinado entre o Inep e os estados que aderirem ao Encceja. Os livros de estudo com o conteúdo a ser abordado nas provas foram enviados às secretarias estaduais e municipais de educação e estão disponíveis na página eletrônica do Inep.

Luiz Motta

Calendário:

Ensino Fundamental

24 de setembro - das 8h às 12h: língua portuguesa, língua estrangeira, educação artística e educação física; das 14h às 18h: história e geografia

25 de setembro - das 8h às 12h: matemática; das 14h às 18h: ciências naturais

Ensino Médio

24 de setembro - das 8h às 12h: linguagens, códigos e suas tecnologias; das 14h às 18h: ciências humanas e suas tecnologias

25 de setembro - das 8h às 12h: matemática e suas tecnologias; das 14h às 18h: ciências da natureza e suas tecnologias

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página