Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias
Início do conteúdo da página
Notícias

Seminário vai ampliar educação inclusiva

  • Terça-feira, 05 de abril de 2005, 12h20

Um dos desafios da Secretaria de Educação Especial do Ministério da Educação (Seesp/MEC) é ampliar a formação de professores para atender alunos portadores de necessidades especiais nas escolas públicas de todo o país. Para dar continuidade ao trabalho desenvolvido pela Seesp, que vai estimular o ensino inclusivo, será realizado, de 11 a 15 de abril, no Hotel San Marco, em Brasília, o 2º Seminário Nacional de Formação de Gestores e Educadores do Programa Educação Inclusiva Direito à Diversidade.

Desde que foi lançado, em 2003, o programa formou 23 mil professores em 1.869 municípios. O objetivo é capacitar gestores para a implantação de políticas de educação inclusiva, visando à transformação dos sistemas educacionais em sistemas que atendam conjuntamente alunos regulares e especiais. "Nosso foco de atuação é garantir o acesso de todos os alunos à educação regular e organizar o sistema para oferecer um ensino de qualidade para todos", explica a secretária de educação especial, Cláudia Dutra.

Com a realização do seminário, a expectativa é ampliar a rede de formação de professores para mais 600 municípios. Durante o encontro, será elaborado um curso de capacitação para ser utilizado pelos municípios-pólo - que já desenvolvem o programa - para multiplicar a formação de professores em outras cidades. Participarão do evento 266 gestores e representantes de todas as secretarias estaduais de educação.

Na programação do seminário constam debates e apresentações de experiências bem-sucedidas em educação inclusiva. As capitais Belo Horizonte e Recife e os estados de Goiás e Rio Grande do Norte vão expor os trabalhos, considerados modelos, desenvolvidos na região. "A educação inclusiva rompe com o modelo de integração que o aluno deve se adaptar ao sistema. Na verdade, o sistema é que deve se preparar para receber o aluno",define Cláudia Dutra.

Censo - De acordo com o último censo escolar, existem 566.753 estudantes portadores de necessidades especiais no Brasil. Do total de 174 mil escolas públicas, 32 mil atendem alunos especiais. A participação dos portadores aumentou no último ano. Foram 118 mil novas matrículas em educação especial.

Repórter: Flavia Nery

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página