Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Rede de formação de professores chega ao Rio Grande do Norte
Início do conteúdo da página
Notícias

Rede de formação de professores chega ao Rio Grande do Norte

  • Sexta-feira, 08 de abril de 2005, 09h39

Cerca de dois mil professores do ensino infantil e fundamental público do Rio Grande do Norte serão beneficiados este ano com a Rede Nacional de Formação de Professores, programa articulado entre a Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC), universidades e secretarias municipais e estaduais de educação. A rede é composta por 20 universidades de 14 estados.

Em fevereiro, serão abertas as inscrições para os cursos de atualização, aperfeiçoamento e especialização, presenciais e a distância, que serão iniciados em março. Haverá inscrições voluntárias, feitas diretamente pelos professores, e as de professores e tutores, cujos nomes serão indicados pelas secretarias municipais de educação.

De acordo com José Pereira de Melo, coordenador do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), os materiais dos cursos de formação já estão prontos. Duas coleções publicadas pelo centro serão utilizadas nos cursos. Uma delas é a Cotidiano Escolar, com quatro volumes sobre o ensino de artes e educação física na educação infantil, indígena e fundamental. A outra contém quatro livros didáticos sobre linguagem corporal. Vídeos e CDs fazem parte do material. O centro ofereceu, em dezembro passado, os primeiros cursos de formação de professores da rede pública.

Qualidade - "O trabalho sistematiza a formação continuada de professores e tem legitimidade institucional", disse José Pereira de Melo. Segundo ele, ao dar prioridade às universidades federais, o MEC evita os cursos relâmpago em instituições sem credenciamento e qualidade. "Oferecemos qualidade no material e oferta dos cursos, a partir da orientação do MEC". Explicou.

Até 2007, o MEC vai investir R$ 40 milhões na rede para oferecer formação continuada, principalmente, a professores da primeira à quarta série do ensino fundamental. Foram investidos R$ 10 milhões em 2004. Outros R$ 10 milhões serão aplicados este ano. Serão R$ 500 mil para cada centro de pesquisa.

Mais informações pelos telefones (61) 2104-8064 e 2104-7867, em Brasília. Na UFRN, pelo telefone (84) 215-5506 e no endereço.

Repórter: Susan Faria

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página