Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias
Início do conteúdo da página
Notícias

MEC mostra seu trabalho em feira de ciência e tecnologia

  • Quarta-feira, 18 de maio de 2005, 14h06

O Ministério da Educação montou um estande de 54 metros quadrados na Globaltech - Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação, que começou ontem, às 14h30, no Centro de Exposições da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), em Porto Alegre. A Globaltech reúne cem expositores. O MEC está representado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a Secretaria de Educação a Distância (Seed) e a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec).

O Inep montou uma exposição com suas publicações e principais ações. Outra atração são os vídeos da TV Escola, da Secretaria de Educação a Distância (Seed/MEC), presente em mais de 50 mil escolas públicas. Os visitantes recebem, gratuita, a Revista da TV Escola e a grade de programação da emissora. Já a Setec apresenta os cadernos temáticos da educação profissional, coletânea de projetos da rede federal de educação tecnológica. Uma mostra dos trabalhos está exposta no estande do MEC.

Os centros federais de educação tecnológica (Cefets) de Pelotas (RS), Amazonas e Minas Gerais também apresentam, na Globaltech, parte de sua produção acadêmica. Alunos do Cefet de Pelotas, por exemplo, organizaram uma maquete de elevador eletrônico, programado em computador. O trabalho pretende mostrar a capacidade do aluno em preparar o produto final. A maquete, com quatro andares e 60cm de altura, é o resultado do aprendizado de mecânica, carpintaria e eletrônica. A iniciativa visa desenvolver a capacidade do futuro profissional e formar empreendedores.

Outro projeto criado por professores do Cefet de Pelotas baixou o preço de cadeiras de rodas eletrônicas. Com custo inferior ao de mercado, as cadeiras funcionam a partir de um controle eletrônico que, dependendo do usuário, pode ser adaptado. Cadeiras semelhantes são vendidas no mercado por R$ 4 mil. A cadeira do Cefet pode ser vendida por R$ 2 mil.

Amazonas - O projeto apresentado pelo Cefet-AM é resultado de um trabalho de tecnologia em desenvolvimento de software e foi desenvolvido pelo tecnólogo Joseph Hatchwell McComb e orientado pelo professor Vicente Lucena Jr. São pesquisas sobre um padrão de comunicação wireless. Dentre outros padrões de comunicação sem fio, promete interligar equipamentos eletrônicos, agregando-lhes dispositivos de transmissão de sinais de rádio de alta freqüência e curto alcance.

O sistema é denominado de gerenciamento remoto e permite ao usuário, por um computador de mão, controlar a distância quaisquer equipamentos eletrônicos e eletrodomésticos.

Minas Gerais - O Cefet-MG apresenta na feira o fatiador de frios, integrado com balança e impressora, desenvolvido pelos ex-alunos do curso técnico de eletrônica, Edgar Rodrigues do Carmo e Tobias Firmino Soares, com a incubadora de empresas nascente. O invento pesa e fatia frios ao mesmo tempo. Com a balança, o usuário pode selecionar o modo de fatiar, que pode ser por peso, preço por quilo e quantidade de fatias. Ele pode, também, ajustar a espessura da fatia desejada e imprimir as informações de peso e preço, informações nutricionais e código de barras. (Assessoria de Comunicação Social/MEC)

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página