Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Notícias

Portal do MEC é destaque em fórum internacional de software livre

  • Sexta-feira, 03 de junho de 2005, 08h28

Programas como Portal Domínio Público, Portal do MEC e e-ProInfo foram destaques do primeiro dia de palestras do 6º Fórum Internacional de Software Livre nesta quinta-feira, 2, no Centro de Eventos da PUC-RS, em Porto Alegre. A palestra dos representantes do Ministério da Educação reuniu centenas de pessoas envolvidas com o projeto de software livre de todo o país e de outras partes do mundo. O Fórum termina neste sábado, 4.

O analista consultor da Secretaria de Educação a Distância (Seed), José Guilherme Ribeiro, apresentou o programa e-ProInfo, que trata de um ambiente de aprendizagem, baseado na internet, onde os conteúdos são trabalhados de forma cooperativa, visando à construção de novos conhecimentos, por parte de seus usuários.

O projeto, coordenado pela Seed, era voltado para entidades públicas de ensino, mas ultrapassou as fronteiras da educação formal e atende a outras esferas da administração pública, por meio da educação corporativa, como, por exemplo, a Academia Nacional de Polícia, a Escola Superior do Ministério Público e a Empresa Brasileira de Correios, entre outras.

O gerente de projeto do Portal do MEC, Erick Torritezi, e o Consultor de Tecnologia da Informação, João Paulo Viragine, da Coordenação-Geral de Informática e Telecomunicações, mostraram como funcionam os portais do MEC e Domínio Público. Torritezi explicou o desenvolvimento na criação do Portal, como acessar a página de informações do ministério e a plataforma de gerência de conteúdo baseada em software livre. Viragine mostrou o funcionamento do Portal Domínio Público. O Portal tem cerca de 5,5 mil obras, entre textos literários, técnicos e educativos, vídeos e som. O acesso pode ser feito por meio do endereço eletrônico.  

Desenvolvimento – O objetivo do Projeto Software Livre Brasil é a promoção do uso e do desenvolvimento de software livre como alternativa de liberdade de expressão, econômica e tecnológica. Com o estímulo ao uso de software livre, o projeto investe na produção e qualificação do conhecimento local que insere a questão tecnológica no contexto da inclusão social e igualdade de acesso aos avanços da tecnologia. (Assessoria de Imprensa da Seed)

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página