Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Brasília é sede do Fórum Hemisférico Educativo
Início do conteúdo da página
Notícias

Brasília é sede do Fórum Hemisférico Educativo

  • Segunda-feira, 06 de junho de 2005, 07h00

Será realizada em Brasília, de 13 a 17 de junho, a 2ª Reunião do Fórum Hemisférico Educativo, que se insere no âmbito da Cúpula das Américas, que ocorre em novembro, na Argentina. O objetivo do encontro, segundo a coordenadora técnica Maria Alejandra Schulmeyer, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC), é atender a um mandato emanado da Cúpula de Chefes de Estado e de Governo das Américas, em 1998, e realizar, em parceria com o México, um trabalho de avaliação (sob a responsabilidade do Brasil), e sobre indicadores (sob a responsabilidade do México).

O fórum espera contar com técnicos dos sistemas de avaliação e de informação dos 34 países-membros da Organização dos Estados Americanos (OEA), de autoridades nacionais e internacionais, representantes dos principais organismos internacionais, assim como de agências financiadoras interessadas na melhoria da educação.

O tema definido para caracterizar a reunião – o princípio da qualidade da educação – está relacionado ao fato de 2005 ter sido escolhido pelo MEC o Ano da Qualidade da Educação no Brasil. “O fórum está planejado de forma que, no final, se obtenha um consenso entre os países, sobre a melhor definição de qualidade da educação em suas dimensões e estabelecer parâmetros para a sua avaliação”, diz Alejandra.

Segundo ela, o planejamento do fórum foi concebido de forma que seja possível, com a participação de especialistas, entregar os insumos para elaborar um indicador. “O objetivo é que esse indicador seja adotado pelos países e que permita a comparação de dados, bem como subsidie a elaboração de estudos”, diz a coordenadora técnica do Fórum Hemisférico.

Seminário – Na reunião de Brasília, será destinado um dia para o seminário do Grupo de Trabalho sobre Práticas de Divulgação da OEA, atendendo a mandato da Cúpula Extraordinária de Monterrey (México), em janeiro de 2004. A cúpula faz análises e estudos sobre práticas de divulgação de informações educacionais nos países. O resultado do seminário será apresentado na próxima Cúpula das Américas.

A 2ª Reunião do Fórum Hemisférico terá financiamento da Comissão Interamericana da OEA, do México e do Brasil. A responsabilidade da organização é do MEC e do Inep/MEC. O seminário será financiado pela Agência Norte-Americana para o Desenvolvimento Internacional (Usaid).

Histórico – Em 1998, na 2ª Cúpula das Américas, os chefes de Estado e de governo adotaram um Plano de Ação em Educação, cujos objetivos eram dirigidos para a qualidade da educação nos países-membros. Em 2002, foi criado o Fórum Hemisférico Educativo, instância de articulação das iniciativas implementadas no hemisfério, formando espaço de intercâmbio para canalizar competências e técnicas dos países e potencializar recursos humanos e financeiros disponíveis na região.

Repórter: Cristiano Bastos

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página