Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > MEC libera R$ 375 milhões para instituições federais vinculadas
Início do conteúdo da página
Data comemorativa

Dia homenageia profissionais com formação em nível técnico

  • Sexta-feira, 22 de setembro de 2017, 19h29

Foi por meio da formação de nível técnico que Marcelo Vieira da Conceição, 26 anos, viu sua vida melhorar. No Instituto Federal de Brasília (IFB), se formou em dois cursos: técnico em saneamento e técnico em manutenção de equipamentos biomédicos, nos campi Samambaia e Ceilândia, respectivamente. “Foi a minha formação no IFB que fez com que eu ingressasse no mercado de trabalho”, afirma. Neste sábado, 23, comemora-se o Dia Nacional dos Profissionais de Nível Técnico.

Por escolha, Marcelo trabalha hoje como técnico em manutenção de equipamentos biomédicos. Foi contratado primeiramente como estagiário e, logo depois que se formou, foi promovido à função de técnico. “É uma área que está evoluindo cada dia mais, porque fazemos manutenção preventiva, corretiva e calibração em vários equipamentos hospitalares. Aprendi a dar valor em cada um dos equipamentos que os hospitais têm e amo minha profissão”, ressalta.      

A professora e diretora de ensino, pesquisa e extensão do campus Ceilândia do IFB, Kelly de Oliveira Santos, fala da importância de comemorar a data, já que, em suas palavras, “os profissionais de nível técnico são fundamentais para o desenvolvimento do país, tendo em vista que são capacitados e qualificados para atuarem em inúmeras áreas”.

Os cursos técnicos podem ser oferecidos em diferentes modalidades: integrados ao ensino médio, concomitantes (o estudante cursa o ensino médio em uma escola e o técnico em outra), subsequentes (o estudante já deve ter o ensino médio completo) e educação de jovens e adultos (Proeja). O tempo dos cursos variam entre um ano e meio e três anos, dependendo da modalidade.

“A Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica tem um papel muito importante na formação desses profissionais. É fato que uma pessoa com um certificado de curso técnico tem mais chances de encontrar uma posição no mercado de trabalho e ter um salário melhor do que aquela que não tem nenhuma qualificação”, enfatiza Kelly.

Rede – De acordo com a secretária de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação, Eline Nascimento, a rede federal, ao longo de 108 anos, vem ofertando cursos técnicos gratuitos e de qualidade em todo o Brasil, além de realizar e estimular a pesquisa aplicada, a produção cultural, o empreendedorismo, o cooperativismo e o desenvolvimento científico e tecnológico.

Neste ano, foram realizadas mais de 800 mil matrículas nas 644 unidades das 42 instituições de ensino, entre institutos federais, Cefets, Colégio Pedro II e as escolas técnicas vinculas às universidades federais.

“Aos profissionais de nível técnico, o nosso reconhecimento. Esses profissionais estão a cada dia conquistando um lugar maior no mundo do trabalho por sua capacitação e dinamismo. A formação técnica contribui para a pesquisa e o desenvolvimento de novos processos, produtos e serviços. Os profissionais de nível técnico são essenciais para o desenvolvimento do Brasil”, parabeniza a secretária.

Data – Comemorado no dia 23 de setembro, o Dia Nacional dos Profissionais de Nível Técnico foi instituído pela Lei n.º 11.940, de 19 de maio de 2009, como referência à assinatura do decreto de criação de 19 escolas de aprendizes artífices, pelo então presidente da República Nilo Peçanha, em 23 de setembro de 1909. A data comemorativa tem por finalidade marcar a criação da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica para os brasileiros, que foi instituída pelo Decreto Nº 7.566 de 23 de setembro de 1909.

Assessoria de Comunicação Social

X
Fim do conteúdo da página