Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Alunos do IFMS levam 13 projetos para Feira Brasileira de Ciências
Início do conteúdo da página
Educação no Ar

Inscrições para Olímpiada em História do Brasil poderão ser feitas até 24 de abril

  • Quinta-feira, 08 de março de 2018, 10h27


Professores e estudantes de todo o país já podem se inscrever na décima edição da Olimpíada Nacional em História do Brasil. Realizada pela Universidade de Campinas, com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico (CNPq), a competição envolve professores de história e alunos do oitavo e nono anos dos ensinos fundamental e médio de escolas públicas e particulares. A Olimpíada é o tema do programa Educação no Ar, produzido pela TV MEC e transmitido semanalmente pela TV NBR. A edição desta quinta-feira, 8, apresenta o trabalho de Douglas Braga, professor do Colégio Militar de Brasília que coordenou nos últimos dois anos a equipe do Distrito Federal melhor classificada na competição.

A competição terá seis fases com provas on-line. A sétima e última etapa será realizada em Campinas (SP), nos dias 18 e 19 de agosto. As equipes, formadas por um professor e três alunos, devem se inscrever até 24 de abril. No ano passado, a disputa reuniu mais de 48 mil estudantes.

Braga conta que a olimpíada trouxe mudanças visíveis à rotina dos estudantes. “Além de alguns alunos terem desenvolvido o gosto por estudar, por ler história, especificamente, uma questão fundamental que percebemos foi o trabalho em equipe. Eles levam esse aprendizado para a vida toda”, ressalta o professor.

Mas não somente os jovens saem ganhando com a competição. Ao longo do tempo, docentes e escolas conseguem aplicar em suas instituições melhorias decorrentes da Olimpíada em História. “Temos buscado incorporar novos métodos de ensino. O colégio segue o ensino por habilidades competentes, tentando favorecer a educação contextual, interdisciplinar. E a Olimpíada valoriza muito isso. Ela valoriza a contextualização e o diálogo com outras disciplinas, e vimos buscando incorporar isso em sala de aula”, exemplifica Douglas Braga.

Obtenha mais informações na página da Olimpíada.

Assessoria de Comunicação Social

X
Fim do conteúdo da página