Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Trilhas da Educação

Em Sergipe, escola pública focada no Enem registra melhoras nos resultados dos alunos

  • Sexta-feira, 16 de março de 2018, 10h53


Dezenas de alunos da Escola Estadual Dr. Milton Dortas, em Simão Dias, interior de Sergipe, têm obtido boa classificação no ingresso à universidade. Faz três anos que instituição registra excelentes notas dos estudantes no Exame Nacional do ensino Médio (Enem), com média superior à das escolas estaduais de todo o Brasil. Este é o tema da semana do programa da série Trilhas, transmitido pela Rádio MEC todas as sextas-feiras.

O sucesso dos estudantes se deve, sobretudo, à consciência dos alunos sobre a importância de se preparar para o Enem. “O que nos ajudou foi o corpo docente e a gestão da escola, que sempre prezou por focar no Enem e colocar o aluno na faculdade”, afirma a ex-aluna Roseane Nogueira, recém-aprovada em segundo lugar no curso de odontologia da Universidade Federal de Sergipe (UFSE). “A gente tinha aulas aos sábados, aulas de reforço. Não é só questão didática; é também de uma preparação mental, um conjunto de coisas. E a escola oferece tudo isso para gente”.

A diretora da escola, Daniela Silva, acredita que, além dos professores, técnicos e equipe de direção, os alunos foram percebendo que a preparação para o Enem é um processo de aprendizado que necessita da união de todos. “A cada ano, eles foram se empenhando e os professores ficavam mais motivados”, conta. “Com isso, passamos a analisar melhor a conjuntura que envolve o Enem e melhoramos os projetos relacionados à prova.”

Roseane reforça a importância do aprendizado ao longo dos três anos em que frequentou a escola Dr. Milton Dortas. “Sem dúvida, vou levar muito conhecimento agregado nesses três anos, mas também a vontade de crescer mais”, diz. Com a visibilidade construída a partir do sucesso de seus alunos no Enem, a escola tem recebido vários alunos oriundos de instituições privadas. O bom desempenho, lembra Daniela, sempre traz novos desafios – como a luta pela redução dos índices de abandono escolar, causa à qual a escola sergipana também tem se dedicado com afinco.

 “Estou indo para um intercâmbio com vários diretores de escolas nos Estados Unidos, e a gente tem a expectativa de trazer coisas novas para ajudar a construir nosso projeto para 2018”, conta a diretora. “A cada ano, a gente se sente mais responsável, porque o Enem sofre mudanças e a escola precisa estar atualizada. O mais importante é que nossos alunos tenham acesso à universidade”.

Assessoria de Comunicação Social

Assunto(s): ensino superior , Enem , Escola
X
Fim do conteúdo da página