Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Prefeitos nordestinos tiram dúvidas sobre o Fundeb
Início do conteúdo da página
Ensino Superior

Mais de 1,5 milhão de candidatos já acessaram a nota do Enem

  • Sexta-feira, 18 de janeiro de 2019, 13h49

As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 foram disponibilizadas nesta sexta-feira, 18, e de acordo com o primeiro balanço do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia vinculada ao MEC, até as 11h40, mais de 1,5 milhão de participantes já tinham acessado o sistema. O horário de divulgação das notas, incialmente previsto para às 10h (horário de Brasília) foi antecipado pelo Inep, que tornou acessível os resultados ao público a partir das 8h30. Os resultados individuais dos treineiros serão liberados em 60 dias, assim como a vista pedagógica da redação. As provas do Enem 2018 foram aplicadas em 4 e 11 de novembro.

Para cada uma das quatro áreas de proficiência o Inep divulgou a quantidade de participantes avaliados, com proficiência mínima e com proficiência máxima, além do número de provas em branco. Além da proficiência média, foram apresentadas as proficiências de cada perfil de participante: concluintes, egressos, treineiros, surdos que optaram pela videoprova em Libras, e surdos que optaram por interprete de Libras. Foram destacados nos resultados, ainda, a proficiência máxima e mínima dos participantes.

O acesso ao sistema disponibiliza ao candidato os números de redações nota zero e nota 1000. Ao todo, 55 participantes obtiveram a nota máxima e 112.559 (2,73%) zeraram a prova dissertativa. O número de notas zero é bem menor que o de 2017. Os principais motivos para nota zero no Enem 2018 foram: redações em branco (1,12%), fuga ao tema (0,77%) e cópia do texto motivador (0,36%). Todo o conjunto de dados disponibilizados pelo Inep contempla os anos de 2018 e também de 2017, mas vale ressaltar que a comparação das notas da redação entre edições é inadequada por motivos metodológicos.

Abstenções - A queda no percentual de abstenção confirma a eficiência das medidas adotadas desde 2016 para evitar o desperdício do dinheiro público. Na edição deste ano, o Enem registrou a menor taxa de ausentes desde 2009. Foram 1.352.566 participantes que deixaram de comparecer aos dois dias de prova, o que corresponde a 24,53% dos 5.513.747 confirmados. Em 2017, a abstenção registrada foi de 29,9%. A taxa de abstenção foi, novamente, maior entre os participantes beneficiados pela isenção da inscrição, atingindo 28,44% contra 17,62% dos pagantes. 

Entre os participantes isentos por serem concluintes do Ensino Médio na rede pública a abstenção foi de 20,8%. Já entre os que tiveram isenção no pagamento da taxa de inscrição o percentual de abstenção é de 33,33%. Em 2017, dos participantes beneficiados pela legislação, 42,5% não compareceram nos dois dias de prova.

 Os participantes que não pagaram para fazer o Enem 2018 e não compareceram em pelo menos um dia da aplicação terão que justificar essa ausência se quiserem solicitar isenção no Enem 2019. As provas do Enem 2018 foram aplicadas em 4 e 11 de novembro. Já a reaplicação ocorreu em 11 e 12 de dezembro.

Para consultar as notas, os alunos precisam entrar na Página do Participante ou no aplicativo Enem 2018 e fazer login com CPF e senha cadastrada.

Acesse a Página do Participante

Assessoria de Comunicação Social

X
Fim do conteúdo da página