Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Alunos catarinenses cozinham para pessoas carentes
Início do conteúdo da página
Censo Escolar 2018

Mais de 91 mil escolas responderam a questionários sobre gravidez

  • Sexta-feira, 03 de maio de 2019, 13h31

O número de escolas que respondeu ao questionário sobre a quantidade de casos de gravidez em adolescentes escolares quadriplicou em 2018. O número de respostas passou de aproximadamente 20 mil, em 2017, para cerca de 91 mil, no ano passado.

Os dados são do Programa Saúde na Escola, do Ministério da Saúde, que em parceria com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disponibilizou o questionário durante a coleta da Situação do Aluno, do Censo Escolar 2018.

As informações sobre os casos de gravidez em adolescentes escolares foram coletadas entre 4 de fevereiro a 15 de abril de 2019, por meio do Sistema Educacenso. Foram envolvidas escolas das redes pública e privada de ensino.

A responsabilidade pela resposta ao questionário foi dos gestores escolares. Eles precisaram informar os casos de gravidez na adolescência, em alunas de suas escolas, em 2018. Foram considerados os casos na faixa etária de 10 a 19 anos de idade.

O trabalho desenvolvido no Programa Saúde na Escola tem como objetivo reduzir o número de casos de gravidez na adolescência, além de assegurar o cuidado integral às jovens gestantes. Integra a proposta de diminuir as vulnerabilidades que comprometem o desenvolvimento de crianças e adolescentes na trajetória escolar.

O Ministério da Saúde divulgará os dados da pesquisa.

Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

X
Fim do conteúdo da página