Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > MEC amplia capacidade de comunicação a distância em universidade e institutos federais
Início do conteúdo da página
Combate ao coronavírus

IFCE desenvolve aplicativo para doação de equipamentos de proteção individual

  • Sexta-feira, 08 de maio de 2020, 19h20

App QueroEPI pode ser baixado gratuitamente

O Instituto Federal de Educação do Ceará (IFCE) desenvolveu um aplicativo para auxiliar na distribuição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), confeccionados pelo próprio instituto, destinados aos profissionais que atuam no combate à pandemia de Covid-19. O sistema, QueroEPI, disponibilizado no google play gratuitamente, foi criado no Laboratório de Redes de Computadores (LAR) do campus de Aracati.

Os EPIs estão sendo doados pelo IFCE para as unidades de saúde do estado. Para que elas recebem os equipamentos, os próprios servidores dessas unidades devem baixar o aplicativo e cadastrá-las no sistema, indicando as demandas. De acordo com o coordenador de projetos do LAR, Reinaldo Bezerra, “a ideia de criação desse sistema surgiu em função do volume crescente de EPIs produzidos no Instituto para serem doados em benefício da campanha contra a pandemia”, destacou.

O aplicativo exibe um mapa, representando a central do IFCE, em que se pode visualizar, por meio de ícones, a descrição das demandas, conforme a região. “Quando a unidade faz a solicitação, aparece um pontinho no mapa da central, indicando a demanda. O gestor do IFCE poderá clicar no local em que os equipamentos são solicitados e visualizar todos os itens demandados e também os que foram entregues”, explica Reinaldo.

Trata-se de uma plataforma livre, gratuita, que visa inicialmente ajudar a sociedade no combate ao COVID, mas pode ser ampliado para outras finalidades, conforme avalia o pró-reitor: “O App, inclusive, poderá ser utilizado pós-Covid para outras aplicações como construção civil, indústria, distribuição de kits em geral. É uma grande ferramenta de apoio”.

O QueroEPI integra uma série de mais de 180 ações que o IFCE está desenvolvendo com a colaboração de seus servidores e estudantes. Segundo o pró-reitor de Pesquisa, Wally Menezes, o sistema foi concebido como “uma aplicação de apoio às instituições e pessoas de forma a permitir o mapeamento das necessidades em relação aos diversos EPIs, além de mapear regiões, perfis, instituições e ajudar a termos um melhor alinhamento entre demanda e atendimento das mesmas”.

Assessoria de Comunicação Social, com informações do IFCE

Assunto(s): MEC , IFCE , coronavírus
X
Fim do conteúdo da página