Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Plano prevê formação de 330 mil professores não graduados
Início do conteúdo da página
Gestão e transparência

FNDE firma parceria com CGU para aprimorar prestação de contas

  • Quarta-feira, 20 de maio de 2020, 12h53

Cooperação prevê intercâmbio de dados e tecnologia para melhorar o projeto Malha Fina FNDE


O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) firmou acordo de cooperação técnica nesta semana com a Controladoria-Geral da União (CGU) para aprimorar o projeto Malha Fina FNDE. A ideia é reforçar a capacidade de gestão do Fundo vinculado ao Ministério da Educação (MEC), com o uso de tecnologia de ponta.

Assinado na segunda-feira, 18 de maio, o acordo prevê intercâmbio de dados e tecnologia para promover melhorias no projeto. O Malha Fina FNDE tem a finalidade de implementar um novo processo de análise das prestações de contas recebidas dos entes federativos, por meio de técnicas avançadas da ciência de dados e da inteligência artificial.

 “O Malha Fina busca desafogar as prestações de contas em análise pelo FNDE. Melhorar esse projeto significa aprimorar o controle sobre o uso dos recursos repassados pela autarquia por meio de diversos programas, além de subsidiar a alta gestão da autarquia com informações importantes para tomada de decisões”, explicou a presidente do FNDE, Karine Santos.

 O acordo tem duração inicial de quatro anos, podendo ser prorrogado. Será formado um grupo técnico, com representantes do FNDE e da CGU, para debater a metodologia aplicada, técnicas de aprimoramento do modelo, critérios de cruzamento de dados, bem como a revisão de atributos do Malha Fina FNDE. O projeto segue em análise conjunta entre técnicos dos dois órgãos, para ser lançado.

O projeto – O Malha Fina FNDE, a ser lançado oficialmente em breve, objetiva aprimorar a prestação de contas dos entes ao Fundo. A ideia é realizar uma gestão com maior eficiência, com economia para os cofres públicos nos próximos anos.

 Para saber quais prestações de contas poderão ser realizadas de forma automática e quais deverão passar por análise convencional, serão utilizadas técnicas avançadas da ciência de dados e da inteligência artificial para analisar dados e números relevantes à gestão do FNDE.

 Assessoria de Comunicação Social, com informações do FNDE

Assunto(s): FNDE , CGU , malha fina
X
Fim do conteúdo da página