Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Institutos federais oferecem cursos on-line de curta duração
Início do conteúdo da página
Combate ao coronavírus

Ebserh investe R$ 3,8 milhões no Hospital da Universidade Federal do Triângulo Mineiro

  • Quinta-feira, 21 de maio de 2020, 19h21

Investimento possibilitou a criação de 54 leitos para atender pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19

O Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro recebeu o investimento de R$ 3,8 milhões da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Com os recursos, o hospital disponibilizou 54 leitos para atender pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19.

As mudanças na estrutura física do hospital possibilitaram a abertura de 38 leitos de enfermaria adulta, pediátrica e obstétrica, e 16 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulta, pediátrica e neonatal. O hospital prevê ainda uma ampliação de mais 16 leitos de enfermaria, totalizando 70.O Hospital das Clínicas é referência para receber gestantes e recém-nascidos com a doença, além de crianças com necessidade de internação em UTIs.

Para o atendimento da população adulta em geral, é o segundo hospital de retaguarda para a Macrorregião do Triângulo Sul, que inclui Uberaba e outros 26 municípios.

Recursos - Dos R$ 3,8 milhões disponibilizados pela Ebserh, R$ 117 mil foram destinados para a aquisição de monitores e ventiladores pulmonares, R$ 37 mil para manutenção de ventiladores que a unidade já possuía, R$ 455 mil para reforma e adequação do espaço físico e R$ 3,2 milhões para a aquisição de medicamentos e materiais médico-hospitalares, incluindo Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e kits para testes de Covid-19.

Processo seletivo - A Ebserh também realizou um processo seletivo emergencial que disponibilizou 119 vagas para contratação imediata pelo HC-UFTM. Até o momento já foram contratados 95 profissionais temporários, incluindo enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e médicos. Eles têm passado por capacitações para atendimento dos casos simples e graves de Covid-19.

Atuação da Ebserh - Para o enfrentamento da pandemia de Covid-19, a Rede Ebserh implementou o Comitê de Operações Especiais (COE) para definir estratégias e ações em nível nacional. Desde os primeiros anúncios sobre a Covid-19, a Rede Ebserh tem trabalhando em parceria direta com os ministérios da Saúde e da Educação, tendo como diretrizes o monitoramento da situação no país e em suas 40 unidades hospitalares.

Assessoria de Comunicação Social, com informações da Ebserh

Assunto(s): MEC , Ebserh , coronavírus
X
Fim do conteúdo da página