Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Residências em saúde > Estudantes > Pós-graduação > Mestrado em engenharia civil. Confira na agenda
Início do conteúdo da página

Começa análise de candidatos para doutorado nos EUA

Consultores da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC) e representantes da Fulbright (Comissão para Intercâmbio Educacional entre os Estados Unidos e o Brasil) estão reunidos desde quinta-feira, 20, para iniciar o processo de análise dos 115 candidatos brasileiros a uma bolsa de doutorado nos EUA. Serão escolhidos 70 alunos, com direito a seguro-saúde e auxílio-instalação em uma boa universidade.

A coordenadora-geral de Programas no Exterior da Capes, Maria Luiza Lombas, explica que a comissão julgadora está fazendo a primeira classificação dos candidatos que irão participar das entrevistas. “Os avaliadores são divididos por área do conhecimento e a lista de classificação também é feita por área”.

Entre os instrumentos de avaliação está o parecer técnico, feito pelos consultores, sobre o projeto científico de cada candidato. Além disso, a trajetória acadêmica do concorrente, a qualidade do projeto científico e a compatibilidade da proposta de estudo com a instituição estrangeira desejada são pontos importantes no processo de avaliação. As áreas com maior número de inscritos são economia e artes.

O objetivo do programa é formar professores e pesquisadores de alto nível, que, depois, aplicarão no Brasil os conhecimentos adquiridos. “O programa permite uma melhor inserção dos bolsistas nas universidades norte-americanas, garante um desconto nas taxas escolares e ainda dá um status diferenciado para eles”, disse Maria Luiza.

A opinião é compartilhada pelo diretor executivo da Fulbright no Brasil, Luiz Valcov Loureiro. “É um convênio importante porque oferece um curso de qualidade, que tem alto prestígio nos Estados Unidos”, afirmou.

Para participar, os candidatos podem inscrever projetos de qualquer área científica e preencher alguns requisitos básicos: ter cidadania brasileira e não possuir a norte-americana, estar no Brasil no momento da candidatura, ter nível superior (é desejável um diploma de mestrado), possuir domínio da língua inglesa (mínimo de 213 pontos no Toefl, teste de proficiência) e um desempenho satisfatório no GRE ou GMAT, testes realizados pelas universidades americanas de acordo com a área.

Etapas – Os selecionados passam por três etapas: análise documental, análise do mérito do projeto e entrevista pessoal, com três consultores – dois indicados pela Capes e um pela Fulbright –, marcada para ocorrer entre os dias 7 e 11 de novembro.

Além da bolsa no valor de R$ 2,6 mil, a Capes oferece auxílio adicional para dependentes e paga as taxas escolares. Para esta seleção as inscrições terminaram em agosto, mas para o ano acadêmico 2007 as vagas serão abertas no 1º semestre de 2006. Para mais informações, visite as páginas eletrônicas da Capes e da Fulbright. (Assessoria de Comunicação Social/MEC)

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página