Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Residências em saúde > Estudantes > Pós-graduação > Bolsas para doutores na área de saúde
Início do conteúdo da página

Capes aperfeiçoa contato com bolsistas no exterior

Com o objetivo de facilitar a comunicação e aprimorar o acompanhamento técnico dos bolsistas no exterior, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC) vem fazendo melhorias no seu sistema de informática. Desde o início deste ano, os bolsistas da Capes no exterior podem consultar e atualizar seus dados no sistema por meio da página da agência na internet.

De acordo com a coordenadora-geral de Bolsas no Exterior, Maria Luiza Lombas, o aprimoramento do sistema significa um grande avanço no serviço prestado aos estudantes que estão espalhados em mais de 30 países. “Anteriormente, os bolsistas precisavam enviar muitos documentos por correio, agora eles podem enviar as solicitações por meio eletrônico”, afirma.

Parceria com o Banco do Brasil – A Capes também está em constante atualização do sistema de pagamento dos bolsistas. No ano passado, fez uma parceria com a agência do Banco do Brasil em Nova York, permitindo a redução de vinte para três dias úteis do processo de pagamento dos bolsistas.

Durante esta semana, representantes do banco estão na Capes para conhecer o sistema de cadastro e atingir outro objetivo, que é o de realizar testes e ajustes para o pagamento on-line. Segundo o gerente de Tecnologia Internacional do Banco do Brasil, Américo Mendes, a Capes conseguiu desenvolver um programa de informações de dados que é fundamental para agilizar o pagamento dos estudantes que estão no exterior. “A partir deste trabalho, os dados que são enviados ao banco estão mais precisos e com isso esperamos depositar o auxílio dos bolsistas com mais rapidez”, explica.

Conforme Mendes, como o programa implementado pela Capes é pioneiro, ainda há necessidade de constantes testes e acertos. Mas Mendes alerta que é de extrema importância a participação dos bolsistas. “É necessário que o estudante, ao preencher seus dados na página da Capes, informe corretamente os números da conta bancária no exterior,” diz. De acordo com ele, no caso de agências nos Estados Unidos é o chamado código ABA e na Europa, o código IBAM, número que é uma junção do código do país com o do banco, da agência e da conta.

O processo chamado de pagamento global já está despertando interesse de outros órgãos do governo que possuem bolsistas no exterior. O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Ministério da Ciência e Tecnologia (CNPq/MCT) está conhecendo o serviço para utilizá-lo também.

Adriane Cunha

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página