Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Residências em saúde > Estudantes > Pós-graduação > Questão regional é desafio para a pós-graduação
Início do conteúdo da página

Programa Capes/Cofecub recebe inscrições até junho

O Programa de Intercâmbio Científico Brasil-França, desenvolvido em conjunto pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC) e o Comitê Francês de Avaliação da Cooperação Universitária com o Brasil (Cofecub), está recebendo inscrições até 16 de junho.

Conhecido como Capes/Cofecub, o programa apóia projetos conjuntos de pesquisa entre instituições de ensino superior e de pesquisa do Brasil e da França e estimula a formação e o aperfeiçoamento de doutorandos e docentes. Criado em 1978, beneficia atualmente 122 projetos.

De acordo com a técnica da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional (CGCI/Capes), Jussara Pereira Prado, o edital deste ano traz algumas mudanças. "O edital Capes/Cofecub de 2006 estabelece uma única prioridade, que é a excelência do projeto e da equipe. Deixou de existir a noção de temas prioritários e a obrigatoriedade de formação de redes, presentes no edital de 2005", explica. Ela destaca que a proposta de projeto deve ser apresentada por equipe vinculada a curso de doutorado avaliado pela Capes e contemplar, em especial, a formação de doutorandos e o aperfeiçoamento de docentes e pesquisadores.

Recursos - A Capes é responsável pelo financiamento de passagens aéreas para pesquisadores brasileiros em missão na França; diárias para pesquisadores franceses em missão de trabalho no Brasil; e bolsas de estudos para doutorandos e docentes brasileiros na França. Também é encarregada dos recursos de custeio para a equipe brasileira, no valor máximo de R$ 5 mil por ano. Para mais informações, acesse o edital do programa e outros documentos.

Repórter: Fátima Schenini

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página