Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Residências em saúde > Estudantes > Pós-graduação > Universidades públicas firmam convênios de apoio à pesquisa
Início do conteúdo da página

Novos doutores recebem US$ 45 mil em prêmios

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC) e a Fundação Conrado Wessel (FCW) irão premiar com 15 mil dólares cada um dos três doutores que foram vencedores do Grande Prêmio Capes de Tese. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 8, pelo presidente da Capes, Jorge Guimarães, durante a solenidade de 55 anos da instituição, no Palácio do Planalto.

De acordo com o diretor da fundação, José Moscogliatto Caricatti, existe uma convergência de interesses entre as duas instituições. Para ele, “Capes e FCW buscam incentivar a ciência, a pesquisa e a arte no Brasil”. Segundo Caricatti, os novos doutores homenageados pela Capes serão “personalidades de reconhecimento nacional no futuro”.

O diretor acredita que a oportunidade de prestigiar os novos doutores é um complemento para as atividades da fundação. A intenção da FCW é reunir o material sobre as três teses condecoradas em uma publicação.

Os autores das teses premiadas, escolhidas entre 228 trabalhos de doutorado de todo o País, receberam da Capes também uma bolsa de pós-doutorado de um ano no exterior, medalha e diploma. A historiadora Maraliz de Castro Vieira Christo, homenageada, destacou a importância do prêmio em dinheiro para o custeio de novas atividades acadêmicas. “Pretendo utilizar o valor em dinheiro para custear a ida a um congresso na França e também para comprar livros”, conta.

Ana Guimarães Rosa

 

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página