Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Secretaria de Educação Superior > Estudantes > Pós-graduação > Portal de Periódicos já pode ser acessado por hospital gaúcho
Início do conteúdo da página

Enchentes são tema de tese em Instituto

Estudar as enchentes, entender as suas causas e tentar achar soluções. Foi com essas perspectivas que Carlos Roberto Nascimento Barbosa, sob orientação do professor Vicente de Paulo de Oliveira, realizou sua pesquisa “Inundações urbanas no município de Cambuci: Impactos, riscos e intervenções socioambientais”, como trabalho de conclusão do curso de pós-graduação em Educação Ambiental do Instituto Federal Fluminense (IFF).

Carlos reuniu informações sobre as inundações no Município de Cambuci, localizado na região noroeste do estado do Rio de Janeiro, ressaltando a necessidade de um estudo sobre essa área e apresentando novos conceitos para o controle das inundações e seus prejuízos.

O pesquisador mapeou pontos críticos, como a ocupação das margens do rio, e propôs, no estudo, a remoção de famílias para lugares adequados. Ele também pesquisou a utilização do solo e os impactos das construções, propondo áreas mais adequadas para investimentos imobiliários e outras que devem permanecer livres, sem impactos que possam agravar as enchentes.

“Junto com a Defesa Civil Estadual e Municipal foi feito um diagnóstico das áreas sujeitas às inundações, ressaltando a necessidade de se colocar em prática algumas medidas preventivas e preparativas, como mapeamento, intervenções e campanhas educativas”, explicou.

De acordo com Carlos, o trabalho também teve como proposta pesquisar os eventos pluviométricos intensos, destacando as inundações e seus impactos e, dessa forma, servir de fonte histórica e de pesquisa sobre o evento hidro-meteorológico ocorrido em Cambuci.

Ainda de acordo com o pesquisador, é impossível evitar as inundações, porém é possível conter o seu agravamento contínuo, como também minimizar os prejuízos, com ações que cabem ao Poder Público. Exemplos dessas medidas são a implementação do planejamento por etapas, dentro de uma ação setorial, integrada a uma política maior e compatível, tendo como objetivo a redução do efeito deste desastre natural.

“Sabe-se que as inundações no Estado do Rio de Janeiro são um fato histórico”, lembra ele. “Controlar ou minimizar as conseqüências dessas inundações sobre os bens públicos e privados, assegurar a integridade física e garantir o bem estar do cidadão é dever constitucional das autoridades estabelecidas, embora haja necessidade de estreita colaboração e envolvimento da própria sociedade”, finaliza.

Assessoria de Imprensa do IFF

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página