Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Secretaria de Educação Superior > Estudantes > Pós-graduação > Últimos dias de inscrições para intercâmbio na França
Início do conteúdo da página

Projeto Casa Brasil proporciona inclusão digital

Todas as capitais brasileiras e várias cidades do interior vão ganhar este ano um espaço comunitário com telecentro, sala de leitura, auditório, estúdio multimídia e laboratórios de informática e ciências. Trata-se do Casa Brasil, projeto interministerial cujo edital será publicado segunda-feira, 18, no Diário Oficial da União. O Ministério da Educação será parceiro no projeto, contribuindo com material didático e pedagógico.

O projeto-piloto do Casa Brasil já funciona em Valente (BA), e, até junho, a Petrobras deve inaugurar mais 50 espaços. Além do MEC, Ministério da Ciência e Tecnologia, Secretaria de Comunicação da Presidência da República, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Petrobras, o Casa Brasil terá outros parceiros. O edital fará seleção de projetos em tecnologia da informação a serem utilizados.

Os selecionados receberão recursos para bolsas de treinamento e custeio das unidades. Podem concorrer associações, fundações, ONGs, universidades, institutos, centros e museus de ciências, fundações de pesquisa e desenvolvimento, públicas ou privadas, sem fins lucrativos, prefeituras, governos estaduais e empresas públicas de informática. Os interessados poderão apresentar propostas, até 2 de junho, na página do CNPq.

Recursos - Com recursos de R$ 20 milhões do orçamento geral da União para 2005, o Casa Brasil terá 89 unidades no país, além das 50 organizadas pela Petrobras. As unidades terão telecentros comunitários, com 20 computadores conectados à internet, com software livre e mobiliário para cursos de introdução à informática e oficinas. Os auditórios terão 50 lugares, computador com software livre, projetor multimídia, vídeo e mobiliário.

Já os estúdios multimídia do projeto serão espaços para criação de conteúdos, oficinas de produção para a internet e oficinas de programação em linguagem de software livre. Serão equipados com computadores, câmera digital, câmera de vídeo digital, MD portátil, mesa de som, reprodutor de VHS e S-VHS e mobiliário. O Casa Brasil terá rádios comunitárias e iniciativas de acordo com interesses das comunidades.

Secad - O MEC participará por meio do programa Ações Educacionais Complementares, da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad), que desenvolve atividades de cultura, esporte e reforço escolar em 182 escolas públicas, para alunos e seus pais. "Podemos intensificar ações do projeto Casa Brasil", diz Leandro Fialho, coordenador de ações educacionais complementares da Secad. Segundo ele, o MEC oferecerá 23 bibliotecas, cada uma com cem livros. "Em Valente (BA), vamos capacitar monitores para o funcionamento da sala de leitura. E quem não for alfabetizado terá suporte do MEC nessas casas."

Segundo Maria Helena Schuster, assessora da Secretaria de Comunicação da Presidência da República, o projeto vai fomentar a cultura local, possibilitar leitura e inclusão digital e terá conselhos gestores, compostos por representantes de vários segmentos da sociedade. Mais informações pelos telefones (61) 411-4849 e 411-4848.

Repórter: Susan Faria

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página