Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias
Início do conteúdo da página
Notícias

Ministro explica em entrevista modelo proposto para exames

  • Quinta-feira, 26 de março de 2009, 17h03
Para falar sobre a proposta de um novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para substituir os vestibulares das universidades, o ministro da Educação, Fernando Haddad, concedeu nesta quinta-feira, 26, entrevistas à Rádio Bandeirantes e à Rádio Jovem Pan.

Haddad defende um vestibular nacional, assim como acontece em países como Estados Unidos e França. Nesses países, segundo o ministro, os exames nacionais orientam o ensino médio, ajudam na organização curricular, ao mesmo tempo que estimulam o desenvolvimento de capacidade analítica e raciocínio e evitam a necessidade de decorar fórmulas ou informações.

O ministro destacou que o ensino fundamental no Brasil vem crescendo, enquanto o ensino médio continua estagnado. Uma das razões, de acordo com Haddad, é o fato de que o currículo do ensino médio está organizado a partir das provas de vestibular, e não a partir de uma forma interessante e atraente de formular questões para os candidatos.

O novo Enem será elaborado por disciplinas como, por exemplo, matemática, humanidades, ciências, leitura e compreensão de texto, inclusive em língua estrangeira. Haddad explica que a forma de perguntar será a mesma do Enem, combinada com a abrangência de conteúdo do tradicional vestibular.

O novo exame também vai facilitar a vida do estudante brasileiro. Ele não vai precisar fazer várias provas. Se a proposta for aprovada pelas universidades federais, o novo exame será aplicado ainda este ano, para ingresso em 2010. As universidades particulares também poderão aderir ao programa.

Ellen Santana

Ouça trechos do áudio da entrevista veiculada na Jovem Pan.

Saiba mais sobre o novo Enem
Assunto(s): novo enem
X
Fim do conteúdo da página