Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Educador acompanhará efeitos da formação dos professores
Início do conteúdo da página
Pátria Voluntária

Cerimônia no Planalto celebra Dia Nacional do Voluntariado

  • Quarta-feira, 28 de agosto de 2019, 12h11
  • Última atualização em Quarta-feira, 28 de agosto de 2019, 12h15

Dyelle Menezes e Giulliano Fernandes, do Portal MEC

O governo federal celebrou nesta quarta-feira, 28 de agosto, o Dia Nacional do Voluntariado. A cerimônia realizada no Palácio do Planalto destacou o Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado, lançado em julho. O Ministério da Educação (MEC) é um dos 12 ministérios que participam da iniciativa.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, estiveram presentes. A representante no MEC na comemoração foi a secretária de Modalidades Especializadas da Educação, Ilda Peliz, que ressaltou a importância do voluntariado. “A área de educação no Brasil conta com inúmeras ações voluntárias, principalmente na educação especial. Reconhecemos e valorizamos o trabalho voluntário”, disse.

O MEC já conta com uma resolução que institui diretrizes para o voluntariado na Educação Básica e Superior e pretende reforçar sua divulgação e aplicação. De acordo com o documento, as atividades de voluntariado possibilitam o desenvolvimento da capacidade de aprendizagem do aluno e o aprimoramento do educando como pessoa humana.

As diretrizes da resolução tratam, por exemplo, do uso de espaços e infraestrutura de campus e colégios para a realização de atividades voluntárias voltadas a comunidades. Também estimula ações articuladas aos currículos escolares, permitindo computar horas de atividades voluntárias de forma integrada às disciplinas.

No Planalto - Além da celebração, foram assinados novos atos do programa, que é coordenado pelo Ministério da Cidadania. O Pátria Amada quer promover e valorizar o voluntariado a fim de estimular a participação da sociedade, instituições públicas e privadas em ações transformadoras.

"O Estado sozinho não consegue resolver tudo, mas não vamos deixar as pessoas para trás. Temos que garantir que todos os brasileiros tenham o Estado cuidando deles. É uma tarefa difícil, mas com a determinação do presidente, nós vamos chegar lá", afirmou o ministro da Cidadania, Osmar Terra, durante a cerimônia.

A ideia é, ainda, incentivar projetos de cooperação nacional e internacional, integrar bases de dados e estatísticas e dar visibilidade a projetos e pesquisas.

O decreto que implanta o programa institui o Prêmio Nacional de Incentivo ao Voluntariado. De caráter simbólico, a premiação será concedida anualmente em reconhecimento à atuação de cidadãos e entidades promotoras de atividades voluntárias de relevante interesse social.

Além do prêmio, será conferido o Selo de Acreditação do Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado a organizações da sociedade civil que desenvolvam ou estimulem trabalhos voluntários.

X
Fim do conteúdo da página