Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > MEC desmente matéria publicada pelo portal de notícias G1 sobre exame
Início do conteúdo da página
Educação especial

Professores vão receber formação em Libras e braile

  • Sexta-feira, 18 de novembro de 2005, 18h03
  • Última atualização em Quarta-feira, 16 de maio de 2007, 09h23

Os professores que trabalham com educação especial nas escolas das redes públicas estaduais e municipais de todas as regiões do país terão oportunidade, em 2006, de fazer formação em Língua Brasileira de Sinais (Libras) e em braile. A oferta dos cursos foi anunciada pela titular da Secretaria de Educação Especial (Seesp), Cláudia Dutra, nesta sexta-feira, 18, no encontro com dirigentes estaduais da educação especial.

O curso de formação Interiorizando Libras terá duração de 120 horas, das quais 80 presenciais e 40 a distância. Será oferecido para os professores de 12 estados: Acre, Amapá, Roraima, Tocantins, Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Mato Grosso, Goiás e Espírito Santo. Já o curso Interiorizando Braile, que também tem duração de 120 horas, vai atender os professores que trabalham com alunos cegos em 11 estados: Alagoas, Pernambuco, Sergipe, Amazonas, Amapá, Roraima, Mato Grosso, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

Para receber os cursos de formação de professores em Libras e em braile, os estados devem assinar convênios com a Seesp até o final de 2005. Os cursos serão ministrados em 2006.

Repórter: Ionice Lorenzoni

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página