Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Inscritos já podem conferir locais de reaplicação da prova
Início do conteúdo da página
Educação profissional e tecnológica

Alunos desenvolvem projeto que gera economia no campus

  • Terça-feira, 07 de abril de 2009, 13h40
  • Última atualização em Terça-feira, 07 de abril de 2009, 13h40

Um projeto desenvolvido por quatro alunos do curso técnico de mecatrônica proporcionou economia 97% ao campus de Charqueadas (RS) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense. Com os ensinamentos obtidos em sala de aula, eles tiraram do papel um projeto de três bancadas de trabalho.


A instituição fez vários orçamentos para a compra das bancadas em empresas metalúrgicas da região. Como o valor de cada uma atingiu, em média, R$ 700, a ideia foi reaproveitar material oriundo das obras no campus. “O material seria jogado no lixo. Então, compramos apenas o eletrodo e os discos de corte para executar o serviço”, explica o coordenador da área física do ensino e orientador do projeto, Marcos Prietto, técnico em eletromecânica.


O projeto dos alunos Viviane Moura, Gabriel Ribeiro, Gabriel Verdum e Juliano Ienczak evitou uma despesa de quase R$ 2,1 mil. As três bancadas saíram por inacreditáveis R$ 50 e serão utilizadas na disciplina de solda do curso de mecatrônica. “Além de ter feito bem aos cofres públicos, o projeto possibilitou aos alunos aprimorar os conhecimentos”, destaca o diretor-geral do campus de Charqueadas, José Luiz Lopes Itturriet.


Matemática — Estudantes, professores e servidores do campus de Urutaí do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano participaram, na segunda-feira, 6, à noite, da aula inaugural do curso de licenciatura em matemática. Com o tema Reflexões sobre as Atuais Diretrizes Educacionais para as Licenciaturas em Matemática, o professor Rogério Ferreira, da Universidade Federal de Goiás, destacou a importância da formação do professor no contexto da interdisciplinaridade. Segundo ele, é possível estabelecer um diálogo entre a matemática e outras formas de conhecimento.


A graduação em matemática é a primeira licenciatura oferecida pelo campus de Urutaí. O vestibular para ingresso no curso ocorreu no fim do ano passado e ofereceu 30 vagas no período noturno. As aulas foram iniciadas em fevereiro. O próximo vestibular ocorrerá no fim do ano.

Assessoria de Imprensa da Setec

X
Fim do conteúdo da página