Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Processo seletivo da Universidade Federal de Alagoas. Confira na agenda.
Início do conteúdo da página
Institutos federais

Propostas de educação inclusiva são defendidas durante evento

  • Quinta-feira, 29 de julho de 2010, 19h05
  • Última atualização em Quinta-feira, 29 de julho de 2010, 19h05
A educação inclusiva nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia foi o principal tema de debate do 2º Simpósio dos Institutos Federais nesta quinta-feira, 29. O evento é promovido pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação.

O coordenador de orçamento e gestão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, Alexandre Vidor, avaliou que as escolas federais evoluíram de acordo com o mercado de trabalho. “Antes não havia esse atrelamento de um ensino médio ao ensino técnico”, lembrou. “Hoje, é necessário formar um cidadão para que ele seja um profissional capacitado.”

Vidor defendeu que a escola se una aos alunos, fazendo uma política de proteção integral. “Deve-se pensar em educação em todos os aspectos da vida desse jovem, detectando seus problemas e criando mecanismos que os resolvam.”           

A assistente social Valdeluce Nascimento, do Instituto Federal da Bahia, falou sobre estudos realizados na instituição, com o objetivo de facilitar acesso, permanência, avaliação e aprendizagem, como os programas de assistência sócio-econômica ao aluno, de cotas e de apoio a pessoas com dificuldades especificas, entre outros.

Até novembro, gestores e estudiosos da educação profissional se reunirão na última quinta-feira de cada mês, em Brasília, para debater o modelo pedagógico dos institutos federais. O próximo será em 26 de agosto, com o tema inserção das pessoas com necessidades educacionais nos institutos federais.

Assessoria de Imprensa da Setec
X
Fim do conteúdo da página