Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Educação profissional e tecnológica

Educação tecnológica: demanda em Sergipe

  • Segunda-feira, 13 de agosto de 2007, 07h44
  • Última atualização em Segunda-feira, 13 de agosto de 2007, 15h09

O secretário de desenvolvimento econômico e da ciência e tecnologia de Sergipe, Jorge Santana, visitou o Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) para conhecer de perto os projetos de implantação de novas unidades de ensino no interior do estado. O diretor-geral do Cefet, professor Joarez Vrubel, demonstrou à equipe do governo estadual os planos da instituição para a área de pesquisa e inovação.

Vrubel anunciou que uma das metas da instituição é ampliar os cursos técnicos e tecnológicos e implantar oito cursos de pós-graduação lato sensu até 2009, além de dois cursos de mestrado. Outra meta é transformar a instituição em instituto de educação, ciência e tecnologia, que deve congregar as unidades federais. “Queremos mostrar nosso interesse em colaborar, em formar parcerias para o desenvolvimento da sociedade na área da inovação”, diz Vrubel. Segundo ele, serão construídas três unidades do Cefet no interior do estado — nos municípios de Estância, Itabaiana e Nossa Senhora da Glória. “Queremos implantar pelo menos duas delas em 2008”, afirma.

O secretário Jorge Santana destacou o papel do Cefet de Sergipe como instituição de ensino e pesquisa sintonizada com as demandas do setor produtivo e informou que uma parceria com a Federação das Indústrias de Sergipe vai permitir a realização de pesquisa de campo para identificar as demandas por técnicos de nível médio e por inovação tecnológica. “O resultado desse estudo será um importante subsídio para orientar a oferta de cursos e a realização de pesquisas no Cefet”, garante.

Rodrigo Farhat com informações da Assessoria de Imprensa do Cefet de Sergipe

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página