Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Liberados R$ 27,9 milhões para execução de programas
Início do conteúdo da página
Educação profissional e tecnológica

Ensino profissional: Nova escola no Piauí

  • Terça-feira, 13 de novembro de 2007, 14h57
  • Última atualização em Quarta-feira, 14 de novembro de 2007, 13h07

A unidade de ensino de Parnaíba, ligada ao Centro Federal de Educação Tecnológica do Piauí (Cefet-PI), será inaugurada na próxima quarta-feira, 14, no norte do estado do Piauí. O evento contará com as presenças do ministro da Educação, Fernando Haddad, e do secretário de Educação Profissional e Tecnológica, Eliezer Pacheco.

A macrorregião de Parnaíba tem grande potencial turístico, pois está inserida na Área de Proteção Ambiental (APA) do Delta do Parnaíba e na rota entre os Lençóis Maranhenses (MA) e Jericoaquara (CE). A região recebe investimentos nas áreas de hoteleira e agroindústria de pescados, impulsionando a economia e solicitando mão-de-obra qualificada.

A nova unidade de ensino irá oferecer cursos de nível técnico e superior sintonizados com os arranjos produtivos locais (APLs), que são atividades que movimentam a economia local: turismo, comércio, indústrias de construção civil e de transformação, agricultura familiar (arroz irrigado e mandioca), pecuária de rebanhos de caprinos e ovinos e apicultura, carcinicultura e pesca artesanal.

Foram investidos R$ 2,8 milhões nesta unidade. A escola terá capacidade para atender 2.240 alunos, com 40 docentes e 65 técnicos administrativos. A instituição deve estar em pleno funcionamento até 2010.

Desde abril, 280 alunos estudam na escola, nos cursos nível médio de edificações, eletrotécnica e informática, nas modalidades integrado e concomitante/subseqüente ao ensino médio.

Com uma população de aproximadamente 133 mil habitantes, Parnaíba é o segundo maior município do estado e centro de uma microrregião compreendida por dez municípios, entre eles Luís Correia, Cajueiro da Praia, Buriti dos Lopes e Cocal.

A escola integra a primeira fase do plano de expansão da rede federal de educação profissional e tecnológica, que prevê a construção de 64 unidades de ensino. A partir de 2008, o Ministério da Educação irá investir R$ 750 milhões na segunda fase, com a construção de mais 150 escolas técnicas no país. No Piauí, serão mais seis – Corrente, Uruçuí, Angical do Piauí, Piripiri, São Raimundo Nonato e Paulistana.

Sophia Gebrim

Leia mais...
Criação de vagas no interior do Piauí
Colégio agrícola do Piauí triplica vagas
Campus em Parnaíba ganha sete cursos

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página