Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Português tem apenas 1,6% de aprendizagem adequada no Saeb
Início do conteúdo da página
Educação profissional e tecnológica

Alunos de Cefet prestam consultoria técnica

  • Segunda-feira, 03 de dezembro de 2007, 12h26
  • Última atualização em Segunda-feira, 03 de dezembro de 2007, 12h27

Um grupo de 25 alunos do curso de tecnologia em comércio exterior do Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio Grande do Norte (Cefet-RN) participa, a partir deste mês, de um projeto-piloto de consultoria técnica a empresas locais com potencial de exportação.

Estudantes entre os 3º e 5º períodos foram treinados como agentes de comércio exterior pelo consultor do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Eduardo Weaver. Os alunos irão assessorar 20 micro e pequenas empresas dos ramos de produção de castanha, confecções, alimentos, floricultura e artesanato. Eles orientarão os empresários desde a pesquisa de mercado e a preparação da mercadoria até a exportação.

As empresas foram selecionadas pelo Comitê Gestor do Projeto entre as 40 que participaram de treinamento no Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Os critérios foram saúde contábil da empresa, pertinência do produto no mercado internacional e política brasileira de comércio exterior. A escolha recaiu sobre empresas que nunca exportaram ou que o fizeram pela última vez há três anos.

Segundo a professora Elisângela Cabral de Meireles, articuladora local do projeto Primeira Exportação e docente das cadeiras de economia e comércio exterior do Cefet-RN, esse projeto será de suma importância para o exercício profissional dos futuros tecnólogos em comércio exterior. “Essa ação vai representar uma experiência muito rica de trabalho para os alunos”, afirma. “Conseguimos envolver 25 estudantes num contingente de 100 alunos do curso”, destaca. O projeto-piloto não remunera os participantes e funciona como estágio.

Iniciativa premiada – A ação Central Fácil Comércio Exterior do Sebrae-RN, em parceria com o Cefet-RN, foi premiada na categoria Organização Pública, no Prêmio Análise – Fundação Instituto de Administração de Comércio Exterior 2007, que valoriza e reconhece o esforço das empresas que ampliam a presença do Brasil na economia mundial.

Além de ser um balcão de informações para o empreendedor, a Central Fácil reúne órgãos essenciais à prática do comércio exterior como a Infraero, Receita Federal, Correios, Agência de Vigilância Sanitária, Ministério da Agricultura, entre outros. Assim, ela desburocratiza os serviços relacionados ao comércio internacional.

Assessoria de Imprensa do Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio Grande do Norte

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página