Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Provas do Encceja Nacional ocorrerão neste domingo, dia 5, com 1,6 milhão de inscritos
Início do conteúdo da página
TV Escola

Especial que vai ao ar este mês exibe série sobre ciência

  • Terça-feira, 01 de dezembro de 2009, 18h51
  • Última atualização em Quarta-feira, 02 de dezembro de 2009, 10h35
A TV Escola preparou um especial com uma de suas séries mais pedidas. Durante todos os dias do mês de dezembro, o canal apresentará da primeira à quarta temporada de A ciência nua e crua. O programa coloca na prática conhecimentos científicos que podem ser usados como guia de sobrevivência.

Apresentado por Kate Humble, o programa traz novos cientistas de diferentes especialidades a cada temporada. O objetivo é propor vários desafios que devem ser realizados em apenas três dias. Tudo que eles têm disponível é um conjunto básico de experimentos, os recursos naturais da região em que estiverem e o que puderem reciclar e aproveitar da natureza. O programa exige que os cientistas trabalhem em equipe.

A primeira temporada da série se passa em uma ilha do Mediterrâneo. A bióloga marinha Vanessa Griffiths, a botânica Anna Lewington, o químico Jonathan Hare, o virologista Mike Leahy e o químico orgânico Mike Bullivant são os cientistas convidados dos quatro episódios. Entre os desafios propostos, eles devem criar um repelente para insetos, construir um rádio e descobrir a latitude e a longitude do local.

Carriacou, uma ilha a leste do Caribe, é o cenário escolhido para a segunda temporada. Desta vez, os cinco cientistas, sendo três da temporada anterior, devem fazer um mapa detalhado da ilha, criar uma loção antisséptica e construir um relógio.

A terceira temporada foi gravada na costa sul da Nova Zelândia, país conhecido por sua fauna e isolamento geográfico. Quatro cientistas devem construir um detector de metais, manterem-se aquecidos sem fazer fogueira e medir a velocidade de derretimento de uma geleira.

Com seis episódios, os cientistas Ellen McCallie, Jonathan Hare, Mike Bullivant, Kathy Sykes e Iain Stewart vão para Darwin Place, na Califórnia, para enfrentar desafios que envolvem o espaço na quarta temporada. Eles devem criar uma caneta que funcione em um ambiente sem gravidade, construir um sistema de resfriamento para roupas espaciais e descobrir as medidas do meteoro que abriu a cratera Barringer, há cerca de 50 mil anos.

Com 30 minutos de duração, A ciência nua e crua é uma produção da rede de TV BBC de Londres, e os episódios vão ao ar de segunda a sexta-feira às 6h, com reprise às 14h. A TV Escola pode ser sintonizada via antena parabólica (digital ou analógica) em todo o país e no Portal do MEC. O sinal está disponível também nas tevês por assinatura via Embratel (canal 123), Sky (canal 112) e Telefônica (canal 694).

Assessoria de Imprensa da Seed
Assunto(s): TV Escola , Seed
X
Fim do conteúdo da página