Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > MEC anuncia piso salarial dos professores com aumento de 6,81%, índice acima da inflação
Início do conteúdo da página
Educação a distância

Espírito Santo deve oferecer cursos da Universidade Aberta em 41 municípios

  • Terça-feira, 28 de março de 2006, 14h35
  • Última atualização em Sexta-feira, 25 de maio de 2007, 06h11

Dos 78 municípios do Espírito Santo, 28 estão mobilizados para a instalação de um pólo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) e outros 13 (Montanha, Barra de São Francisco, Nova Venécia, São Mateus, Linhares, Colatina, Santa Teresa, Venda Nova do Imigrante, Vitória, Vila Velha, Alegre, Guaçuí e Cachoeiro de Itapemirim) já estão encaminhando proposta para adesão ao projeto. São sedes dos centros regionais de educação a distância (Creads) da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

A informação foi dada pelo diretor do Núcleo de Educação Aberta e a Distância (Neaad) da Ufes, professor Og Garcia Negrão, durante reunião com representantes da Secretaria de Educação a Distância (Seed/MEC), prefeitos, secretários de educação e o governo do estado, na sexta-feira passada, 24, em Vitória (ES).

Segundo o diretor, a expectativa da instituição é ofertar dez cursos no projeto UAB, em diversas áreas, a partir de 2007. "Estamos preparados para ingressar na UAB. A Ufes, por meio dos Creads, está interligando os municípios capixabas e apresenta-se como parceira institucional na oferta de ensino, pesquisa, treinamento e demais ações direcionadas ao conhecimento", destacou.

Prazo - Aberto em 20 de dezembro de 2005, o prazo para envio de propostas de criação de cursos a distância pela Universidade Aberta do Brasil vai até 13 de abril. A data é limite tanto para a candidatura de municípios a envio de projetos de pólos de apoio presencial quanto para as instituições de ensino apresentarem projetos de cursos.

As prefeituras interessadas em constituir pólos de apoio presencial devem encaminhar proposta à UAB com detalhamento da infra-estrutura física e logística (laboratórios didáticos e de informática, bibliotecas e recursos tecnológicos), descrição dos recursos humanos necessários (tutores presenciais e equipes técnica e administrativa) e lista dos cursos que querem ver ofertados, com respectivo número de vagas. Mais informações na página eletrônica da UAB. (Assessoria de Imprensa da Seed)

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página