Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Piso salarial do magistério é reajustado a partir de janeiro
Início do conteúdo da página
Educação básica

Professores concluem formação

  • Quarta-feira, 10 de dezembro de 2008, 14h37
  • Última atualização em Quarta-feira, 10 de dezembro de 2008, 16h07

Com um seminário de avaliação, a Universidade Estadual Paulista (Unesp) conclui nesta quarta-feira, 10, em Campo Grande (MS), a formação continuada em ciências e matemática de 353 professores de 37 municípios do Mato Grosso do Sul. São professores de 1ª a 4ª série (2º ao 5º ano) do ensino fundamental que receberam formação solicitada pelos municípios nos planos de ações articuladas (PAR).

Na avaliação da coordenadora de formação da Unesp, Maria Isabel Freitas, os professores se dedicaram às tarefas com entusiasmo, o rendimento e a assimilação foram bons. “O trabalho fluiu bem, foi um sucesso.” Os professores tiveram 120 horas de curso, sendo 80 horas presenciais nos pólos e 40 horas de atividades na sala de aula e na construção de um projeto de ensino.

Os problemas, diz a coordenadora, foram poucos, entre eles, a desistência dos municípios de Coronel Sapucaia e Deodápolis, que alegaram dificuldades pelo excesso de cursos de formação no período, e Juti e Glória de Dourados que citaram outros problemas. Para não perder as vagas autorizadas pelo Ministério da Educação, a Unesp incluiu na formação um grupo de professores dos municípios de Naviraí e Dourados que têm baixo Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb).

Cinco estados – A Unesp, instituição que integra a Rede Nacional de Formação Continuada de Professores da Educação Básica do MEC, atende em 2008 e 2009, 2,2 mil professores em cursos de formação em ciências e matemática em cinco estados: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Piauí e Amazonas. Em São Paulo, a universidade conclui a formação de 262 professores no próximo dia 16. Também em São Paulo a instituição teve que substituir no curso os 100 professores inscritos pelo município de São José dos Campos, que não aderiu alegando excesso de cursos de formação no segundo semestre. Para ocupar as vagas, a Unesp incluiu professores de pequenas cidades com baixo Ideb: Apiaí, Bananal, Cordeirópolis, Itirapina, Rio das Pedras, Santa Gertrudes, São José do Rio Preto e Taubaté. Os 309 professores de municípios de Mato Grosso encerram a formação com um seminário em fevereiro de 2009; os 884 professores do Piauí e os 495 do Amazonas começam o curso em fevereiro.

Inglês – Em Recife (PE), 50 professores que ensinam a língua inglesa nos anos finais do ensino fundamental em escolas da rede estadual de Pernambuco iniciam na quinta-feira, 11, um curso de formação continuada de 120 horas. O curso foi solicitado ao MEC pela secretaria de educação do estado no Plano de Ações Articuladas. A formação em inglês é tarefa da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), do Paraná, uma das 19 instituições de ensino superior da Rede Nacional de Formação Continuada de Professores da Educação Básica do ministério. A duração do curso é de 120 horas, sendo 80 horas presenciais, distribuídas em quatro encontros, e mais 40 horas de atividades a distância. O primeiro encontro (11 e 12 deste mês) terá 16 horas de atividades. Os demais estão programados para março, abril e maio de 2009.

Ionice Lorenzoni

X
Fim do conteúdo da página