Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Educação especial
Início do conteúdo da página
Educação básica

Taboão da Serra discute ensino fundamental de nove anos

  • Sexta-feira, 22 de julho de 2005, 12h35
  • Última atualização em Segunda-feira, 14 de maio de 2007, 09h37

Taboão da Serra, cidade de 250 mil habitantes, na região metropolitana da Grande São Paulo, realiza, de 26 a 28 de julho, o 1o Encontro de Educação, Cultura e Inclusão Social. O evento é parte do Programa de Formação dos Educadores da Rede Municipal de Ensino. Taboão da Serra é um dos municípios que já implementou o ensino fundamental de nove anos, seguindo política do Ministério da Educação.

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, já enviou projeto de lei ao Congresso Nacional tornando obrigatório o ensino fundamental de nove anos em todo o País, medida que deve ser adotada em cinco anos. Com o aumento de oito para nove anos nessa etapa de ensino, toda criança com seis anos de idade terá direito a vaga em escola pública. Em Taboão da Serra, há 30 mil alunos matriculados na rede municipal de ensino. Há garantia, ainda, de educação para jovens e adultos.

O 1º Encontro de Educação, Cultura e Inclusão Social será aberto no próximo dia 26, às 9h, no prédio da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, pelo prefeito de Taboão da Serra, Evilásio Farias, e pelo secretário de Educação e Cultura, César Callegari, que é também presidente da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação (CNE).

Sociólogo, César Callegari atua na área de educação. É autor de vários trabalhos e livros sobre financiamento da educação, como O Fundef e a Municipalização do Ensino Fundamental no Estado de São Paulo e As Verbas da Educação – A Luta Contra a Sonegação do Ensino Público. O Encontro pretende debater as diferentes visões da educação e da cultura, as relações entre ambas e seus aspectos sociais. O jornalista Gilberto Dimenstein, os professores Edmir Perrotti, doutor em história da filosofia da USP, e outros professores desta universidade, da PUC e da Unicamp estão entre os conferencistas.

Temas - Serão discutidos temas como O Professor Aprendiz do seu Ensinar, Ensino Fundamental de Nove Anos e Ética e Qualidade na Docência. Segundo Marta Juliano, diretora de Educação Complementar da Secretaria de Educação e Cultura de Taboão da Serra, faz parte da política de formação da secretaria dar tratamento amplo à educação. “Discutir diferentes visões da educação é o objetivo do seminário, que busca a qualidade da área, que passa por uma visão de cultura, inclusão social e aproximação com a comunidade”, afirma. As inscrições para o encontro são gratuitas. Mais informações pelo telefone (11) 4787-2691.

Repórter: Susan Faria

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página