Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Publicação do primeiro ciclo de monitoramento de metas revela os desafios para a educação
Início do conteúdo da página
Salário-educação

Estados e municípios dispõem de R$ 1,6 bi referentes a janeiro

  • Segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017, 12h10
  • Última atualização em Segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017, 18h20

Estados, Distrito Federal e municípios podem dispor, a partir desta segunda-feira, 20, dos recursos referentes à parcela de janeiro do salário-educação, a primeira do ano. Responsável por repassar os valores, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação, transferiu R$ 1,6 bilhão na quinta-feira, 16.

Foram destinados R$ 888,5 milhões às redes municipais e R$ 744,7 milhões às estaduais e do DF. Os repasses referentes a 2017 crescerão aproximadamente 7% em relação ao ano passado. No total, devem chegar a R$ 12,5 bilhões — em 2016, foram R$ 11,7 bilhões.

O salário-educação é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e o desenvolvimento do ensino. Distribuídas com base no número de matrículas na educação básica, as quota estaduais e municipais são transferidas a cada mês às secretarias de Educação. A quota federal é destinada ao FNDE, para reforçar o financiamento da educação básica e reduzir os desníveis socioeducacionais entre municípios e estados.

Os valores transferidos podem ser conferidos em Liberação de Recursos, na página do FNDE na internet.

Assessoria de Comunicação Social, com informações do FNDE

Leia também:

X
Fim do conteúdo da página