Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Nova lei regula atividades de estágio
Início do conteúdo da página
Seminário

Encontro de educadores discute valorização da educação básica

  • Segunda-feira, 20 de agosto de 2018, 19h09
  • Última atualização em Segunda-feira, 20 de agosto de 2018, 19h13

Aproximar pesquisadores, estudantes, agentes públicos e professores internacionais e locais, para discutir políticas educacionais e o trabalho docente. Este é um dos objetivos do Seminário Internacional Valorização Docente na Educação Básica, que começa na quarta-feira, 22. Promovido pela Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), o evento será realizado na sede da instituição em Recife, e é aberto ao público.

Ao longo de três dias, serão apontados os resultados do Programa Institucional Valorização Docente na Educação Básica (2016-2019), cujo intuito é construir conhecimento e contribuir no desenvolvimento de políticas públicas para o setor. Além disso, também serão discutidas tendências internacionais de reformas na educação pública com a participação de pesquisadores da Espanha, França, Chile e Portugal.

De acordo com a coordenadora do programa na Fundação Joaquim Nabuco, Viviane Toraci, esta será uma oportunidade para que docentes tenham uma ampla visão do campo das políticas educacionais no Nordeste e das principais discussões em curso no Brasil e em outros países. “Além do debate, temos o objetivo de promover a troca de conhecimentos entre pesquisadores internacionais, locais, agentes públicos e comunidade escolar. Acreditamos que isso contribuirá para o desenvolvimento de políticas públicas para a melhoria da educação no Brasil”, comenta Viviane.

A conferência de abertura do evento será com Antoni Verger, professor de sociologia da Universidade Autônoma de Barcelona (Espanha), que compartilhará sua experiência no projeto Reformed [Reforming Schools Globally: A Multiscalar Analysis of Autonomy and Accountability Policies in the Education Sector].

Durante o encontro, também haverá apresentação do levantamento documental das políticas estaduais de educação das nove unidades federativas do Nordeste. O trabalho, que conta com um pesquisador representante de cada estado, busca identificar e analisar as transformações recentes na organização da educação básica.

A ação integra a pesquisa Docência na Educação Básica, coordenada pelo Grupo de Estudos sobre Política Educacional e Trabalho Docente (Gestrado/UFMG) e realizada em cooperação com a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj). Além de representantes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e da Fundaj, integram o projeto pesquisadores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Universidade de Estrasburgo e Universidade de Lisboa, com financiamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Assessoria de Comunicação Social

X
Fim do conteúdo da página