Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Educação superior

Cidade da Amazônia é pólo educacional

  • Quarta-feira, 10 de setembro de 2008, 11h39
  • Última atualização em Sexta-feira, 12 de setembro de 2008, 12h59

Coari (AM) – No coração da Amazônia, uma cidade se destaca pelo ritmo acelerado de desenvolvimento econômico. Coari, a quinta maior do estado do Amazonas – com cerca de 65 mil habitantes –, antes era conhecida pela fruticultura e, em especial, pela produção de bananas. Hoje, se destaca por produzir petróleo e gás natural, na plataforma da Petrobrás em uma região chamada Urucu.

A partir de agora, Coari passa a ser produtora, também, de conhecimento. Com a inauguração, nesta quarta-feira, 10, da unidade de ensino descentralizado (Uned) do Centro Federal de Educação Profissional e Tecnológica do Amazonas (Cefet-AM) e do campus da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), os habitantes do centro amazonense terão acesso a uma educação profissional e superior de qualidade. Com isso, poderão ajudar a manter o desenvolvimento sustentável da região.

A inauguração das duas unidades teve a participação do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, gestores das três esferas de governo e cerca de 2 mil pessoas. “Quando olhamos o mapa do Amazonas, temos de entender que as pessoas que nascem às margens do rio têm tanto direito à educação quanto as que nascem em berço de ouro”, destacou Lula.

O presidente pediu aos jovens que continuem reivindicando melhorias na educação. Segundo ele, o governo trabalha melhor quando tem conhecimento do que acontece no país.  “O Brasil está fazendo por vocês aquilo que não fez por mim quando eu tinha a idade de vocês. Não quero que passem pela mesma dificuldade que eu passei por não ter tido acesso à educação”, ressaltou.

O governador do Amazonas, Eduardo Braga, lembrou a falta de esperança dos habitantes do interior do estado. “Os jovens terminavam o ensino médio e, muitas vezes, cursavam de novo, por falta de opção de educação superior”, contou. “A partir de agora, formaremos os futuros engenheiros, bioquímicos e administradores da Petrobrás. Além disso, Coari vai mostrar para o mundo como os amazonenses sabem cuidar da Amazônia”, comemorou.

A Uned de Coari oferece cursos de nível médio integrados e subseqüenciais em edificações e informática, beneficiando 490 alunos. Já o campus da UFAM em Coari pretende abarcar 1,2 mil alunos até o fim da implantação, divididos em seis cursos: biotecnologia, enfermagem, nutrição, fisioterapia e licenciaturas duplas em matemática/física e química/biologia.

Distante 370 quilômetros da capital Manaus, a cidade de Coari torna-se um pólo na área da educação. O campus da UFAM, por exemplo, recebe alunos de municípios limítrofes, como Tefé e Codajás .

Letícia Tancredi

Leia mais...
Campus da Ufam chega a Coari
Centro de ensino muda a vida de Coari

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página