Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Inscritos já podem conferir locais de reaplicação da prova
Início do conteúdo da página
ProUni

Programa recebe mais de 300 mil inscrições até as 18h do primeiro dia

  • Sexta-feira, 21 de janeiro de 2011, 19h02
  • Última atualização em Sexta-feira, 21 de janeiro de 2011, 19h02
Em seu primeiro dia de inscrições, o Programa Universidade para Todos (ProUni) registrou, até as 18h desta sexta-feira, 21, 316.910 candidatos inscritos para as 123.170 bolsas de estudo — 80.520 integrais e 42.650 parciais, de 50% da mensalidade — em aproximadamente 1,5 mil instituições de educação superior de todo o país. As inscrições podem ser feitas até a próxima terça-feira, 25.

Desde 2005, ano de criação do ProUni, é o maior número de candidatos no primeiro dia de inscrições do programa. No ano passado, 237 mil se inscreveram no primeiro dia de prazo, e um total de 822 mil estudantes pleitearam uma bolsa de estudos no primeiro semestre de 2010.

Ao acessar o sistema, o estudante pode se inscrever em até três opções de cursos e instituições, o que totaliza 879.722 inscrições registradas até o momento. Ao final do período de inscrições, serão feitas duas chamadas subsequentes para convocação dos candidatos pré-selecionados. A primeira chamada acontece na próxima sexta-feira, 28.

A partir do primeiro dia de inscrições, o sistema calcula, durante a madrugada, as notas de corte de cada curso, que podem ser verificadas em caráter meramente informativo pelo estudante. Durante o período em que o sistema estiver aberto para inscrições, o candidato poderá alterar suas opções a partir da observação da nota de corte.

Podem se candidatar às bolsas os estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2010 e tenham atingido no mínimo 400 pontos na média das cinco notas (em ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias e redação) e não tenha tirado nota zero na redação. Para concorrer à bolsa integral, o estudante deve comprovar renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio; para bolsa parcial, renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos.

Além de ter feito o Enem 2010 e ter alcançado a pontuação mínima, o candidato deve ter cursado todo o ensino médio em escola pública, ou em escola particular, na condição de bolsista integral. Professores da rede pública de educação básica que concorrem a bolsas em cursos de licenciatura, normal superior ou de pedagogia não precisam cumprir o critério de renda, desde que estejam em efetivo exercício e integrem o quadro permanente da escola.

Para inscrever-se, o candidato deve acessar a página eletrônica do ProUni e informar o número de inscrição e a senha usados no Enem de 2010 e o CPF.

Assessoria de Comunicação Social

Assunto(s): Educação superior , Sisu , Sesu
X
Fim do conteúdo da página