Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Inscritos já podem conferir locais de reaplicação da prova
Início do conteúdo da página
Educação superior

Ministro dá posse à nova reitora da Federal do Pampa

  • Terça-feira, 20 de dezembro de 2011, 17h43
  • Última atualização em Terça-feira, 20 de dezembro de 2011, 17h43
Ao empossar a reitora Ulrika Arns, Haddad destacou a qualidade do ensino como grande conquista da Unipampa (foto: Wanderley Pessoa)O ministro da Educação, Fernando Haddad, deu posse nesta terça-feira, 20, em Brasília, à nova reitora da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Ulrika Arns. Ele ressaltou a qualidade do ensino como importante conquista da instituição em 2011 — a Unipampa obteve nota 4 no índice geral de cursos (IGC), que afere itens como qualificação dos professores e processo pedagógico. A nota máxima é 5.

Na avaliação do ministro, isso demonstra que a direção da universidade tomou todo o cuidado na implantação dos cursos, na seleção dos docentes e na construção do processo pedagógico. A Unipampa é uma das 14 universidades federais criadas a partir de 2003. Desde então, ela responde por dez dos 126 câmpus criados até o ano passado pela política de expansão da rede de instituições federais de ensino superior.

Entre os desafios de Ulrika Arns estão a finalização de obras de infraestrutura física em unidades da Unipampa em dez cidades, aumentar a prestação de assistência estudantil e lançar concursos públicos para seleção de professores e servidores técnico-administrativos. A reitora Maria Beatriz Luce, que deixa o cargo, disse ao ministro que mais de 50 obras foram licitadas e estão em andamento.

A Unipampa oferece hoje 57 cursos de graduação a 7,4 mil estudantes e cinco cursos de mestrado. Todos os 600 professores têm grau de mestre ou de doutor. Em 2012, o número de cursos chegará a 61. Com as novas 3,1 mil vagas de ingresso pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação, o número de alunos subirá para 10,5 mil.

Ulrika Arns tem graduação em fisioterapia e pedagogia, é mestre em ciências sociais e doutora em educação, título obtido em 2006 na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. É professora titular da Unipampa.

Diversidade — No primeiro semestre de 2012, a instituição vai desenvolver projeto-piloto de ingresso de 30 estudantes uruguaios nos câmpus de Santana do Livramento (divisa com a cidade uruguaia de Rivera), e Jaguarão (divisa com Río Branco). Os estudantes do país vizinho foram selecionados para os cursos de administração, relações internacionais, pedagogia, letras e história. Outro projeto da Unipampa envolverá 11 estudantes da nação indígena caingangue, já selecionados para vagas nos cursos de agronomia, enfermagem, serviço social, nutrição e engenharia da computação. Ulrika diz que é missão da Unipampa promover a integração não só na parte do estado onde atua diretamente, mas também com os vizinhos latino-americanos e com os indígenas.

História — Criada por pela Lei nº 11.640, de 11 de janeiro de 2008, a universidade tem sede no município de Bagé e câmpus em São Borja, Itaqui, Uruguaiana, Alegrete, São Gabriel, Santana do Livramento, Dom Pedrito, Caçapava do Sul e Jaguarão. Desde o início deste ano, adota o Sisu como única forma de ingresso em cursos de graduação. No próximo ano, oferecerá 3.150 vagas. Para concorrer, o estudante precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011.

Ionice Lorenzoni



X
Fim do conteúdo da página