Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Política de Educação Conectada registra mais de 50% de adesão
Início do conteúdo da página
Educação superior

MEC recebe homenagem em celebração do jubileu da UnB

  • Quarta-feira, 31 de outubro de 2012, 12h09
  • Última atualização em Quinta-feira, 01 de novembro de 2012, 10h21
O Ministério da Educação foi homenageado na noite de terça-feira, 30, em cerimônia de celebração dos 50 anos da Universidade de Brasília (UnB). O secretário da educação superior, Amaro Lins, representante do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, destacou a importância da parceria do MEC e da UnB ao longo dos anos.

De acordo com Lins, a homenagem é significativa. “O MEC faz parte desses 50 anos de história e fez grandes contribuições”, afirmou. “Esse reconhecimento da UnB é fundamental, principalmente em um momento no qual a educação constrói pontes para chegar a todas as camadas da população.”

Lins destacou ainda que o papel do MEC é exatamente o de criar meios para que educação, cultura, ciência e tecnologia sejam elementos fundamentais na construção do país. “Para isso, temos trabalhado incessantemente junto às universidades”, salientou. “Espero que possamos celebrar mais 100, 150 anos desta forma.”

O MEC esteve entre os 50 agraciados, entre instituições e personalidades, com reprodução autografada da obra Dança, do artista plástico Glênio Bianchetti, especialmente executada para o jubileu da UnB. A obra original foi presenteada ao reitor José Geraldo de Sousa Júnior.

A história de Bianchetti mistura-se à da universidade. O artista chegou a Brasília em 1962 para ajudar a construir a UnB e dar aulas no Instituto Central de Artes.

Paula Filizola
Assunto(s): superior , UnB , jubileu
X
Fim do conteúdo da página