Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Federal da Grande Dourados cria curso superior indígena
Início do conteúdo da página
Mais Médicos

Nota sobre o módulo de acolhimento e avaliação

  • Sexta-feira, 13 de setembro de 2013, 20h31
  • Última atualização em Sexta-feira, 13 de setembro de 2013, 20h31
O módulo de acolhimento e avaliação dos médicos estrangeiros teve natureza de avaliação continuada, desde o seu início em 26 de agosto. Além de definir quais profissionais já estão aptos para atender a população, sob supervisão de instituições de ensino e tutoria de médicos brasileiros, esta avaliação servirá como linha de base para melhor desempenho no curso de especialização em Atenção Básica que ocorrerá ao longo dos três anos de participação do profissional no programa Mais Médicos.

Nesta sexta-feira, 13, foram realizadas as últimas provas: uma avaliação oral e um exercício escrito. O teste consistiu na simulação de uma consulta, em que um professor questionou o médico sobre diversas situações e sintomas, enquanto outro professor avaliava o desempenho do profissional, que também teve de preencher um registro de prontuário do paciente.

A nota final contempla o conjunto de exercícios e atividades do módulo de avaliação (40%) e o teste final (60%). Os médicos com desempenho final acima de 50% serão considerados aptos e poderão passar à próxima fase do programa; desempenho entre 30% e 50% torna obrigatória a realização de mais um período de aperfeiçoamento e avaliação em Língua Portuguesa; já quem obtiver desempenho abaixo de 30% será desligado do programa e terá de retornar ao seu país de origem.

Formação - O médico terá ao longo da especialização posterior ao Módulo de Acolhimento e Avaliação apoio na área clínica e de saúde coletiva voltado para atuação na atenção básica brasileira, que tem especificidades em relação a outras experiências internacionais. A proposta é que ao final o médico consiga compreender e atuar com uma melhor desenvoltura no cenário do sistema de saúde brasileiro, que é diferente de outros países.

A especialização proposta pela Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS) utiliza a combinação de momentos de concentração presencial com outros de Ensino à Distância, onde o aprendizado de Língua Portuguesa num enfoque mais instrumental para a comunicação médica será trabalhado em caráter longitudinal ao longo de todos os três anos de atuação do médico no projeto. Assim o que foi trabalhado no Módulo de Acolhimento e Avaliação foi somente um primeiro momento de um processo de formação.

Assessorias de Comunicação dos Ministérios da Educação e da Saúde
Assunto(s): Médico , saúde , avaliação
X
Fim do conteúdo da página