Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > MEC acelera ritmo de processos de reconhecimento e autorização
Início do conteúdo da página
Educação superior

Sem recursos, mas com esforço, estudante supera dificuldades

  • Quinta-feira, 02 de julho de 2015, 18h37
  • Última atualização em Terça-feira, 07 de julho de 2015, 09h49

Piauiense de Santa Filomena, Luciano conclui o curso este ano: “Meu maior sonho é levar o conhecimento adquirido para ajudar o desenvolvimento da minha cidade” (foto: reprodução/TVMEC)Natural da pequena cidade de Santa Filomena, no interior do Piauí, Luciano Gomes Timóteo chegou sozinho e sem recursos a Brasília, aos 17 anos, em busca de oportunidades e atrás de um sonho. Do encontro do esforço individual com a oferta de políticas públicas resultou sua história, a do estudante vitorioso de uma universidade federal que agora termina um ciclo de estudos e se prepara para novas conquistas.

Em Brasília, Luciano começou a trabalhar em serviços domésticos para sobreviver. Acordava às 6h, trabalhava até o fim do dia e depois estudava até 2h da madrugada, preparando-se para exames. Em 2010, fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e conseguiu bolsa de 50% pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) para o curso de psicologia. Quando foi fazer a matrícula, recebeu a informação: também fora aprovado em gestão ambiental na Universidade de Brasília (UnB).

Apesar da conquista, a nova situação era pouco confortável. O curso escolhido é oferecido em Planaltina, a 40 quilômetros de Brasília, e a conciliação entre trabalho e estudos se mostrou impraticável. Na época, no entanto, foi inaugurada a casa do estudante desse campus, e Luciano não titubeou: conseguiu a vaga. Determinado, procurou também o serviço social, que o encaminhou à assistência estudantil, garantindo-lhe uma bolsa alimentação.

Luciano, que conclui o curso neste ano, orgulhoso de seu trajeto pessoal, não esquece o coletivo. “Meu maior sonho é levar o conhecimento adquirido para ajudar o desenvolvimento da minha cidade”, diz o estudante, valorizando as oportunidades que a sociedade pode oferecer: “Para quem tem poucos recursos, a universidade pública é o caminho.”

Ana Cláudia Salomão


Assunto(s): educação superior , Enem , ProUni
X
Fim do conteúdo da página