Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Educação superior

Unipampa realiza primeiro vestibular

  • Segunda-feira, 19 de junho de 2006, 14h36
  • Última atualização em Quinta-feira, 17 de maio de 2007, 10h05

Cerca de 6,5 mil candidatos disputaram neste final de semana, nos dias 17 e 18, as 1.500 vagas oferecidas por uma das mais novas universidades federais do país: a Universidade Federal do Pampa (Unipampa). Os resultados finais do primeiro vestibular da Unipampa devem ser divulgados no dia 10 de julho. As matrículas também serão feitas em julho, a partir do dia 11, com datas distintas para cada pólo da universidade. O gabarito das provas está na página eletrônica da universidade.

No sábado, 17, os candidatos fizeram provas de língua portuguesa e literatura brasileira, língua estrangeira, história, geografia e redação. O tema da redação foi Qualidade de Vida. No domingo, as provas foram de matemática, física, biologia e química. Até a sua completa estruturação, a Unipampa é gerenciada pelas universidades federais de Pelotas (UFPel) e Santa Maria (UFSM). A sede definitiva da Unipampa será construída em Bagé (RS).

A nova universidade contará com dez pólos, sediados nos municípios de Bagé, Jaguarão, São Gabriel, Santana do Livramento, Uruguaiana, Alegrete, São Borja, Itaqui, Caçapava do Sul e Dom Pedrito. Quando estiver completamente implementada, a Unipampa oferecerá 56 cursos de graduação que atenderão a cerca de 12 mil alunos.

Para este primeiro vestibular, foram oferecidos 30 cursos, dos quais 17 sob a responsabilidade da UFPel, com 850 vagas, disputadas por 2.795 vestibulandos, numa média de 3,28 candidatos por vaga. O curso com maior procura foi o de engenharia de produção (Bagé), com 8,64 candidatos/vaga. Na área gerenciada pela UFSM, foram registradas 3.687 inscrições para 650 vagas – média de 5,67 candidatos por vaga.

Projetos – A instituição vai atender, principalmente, estudantes residentes no sul do Rio Grande do Sul, região que concentra uma população de 2,6 milhões de pessoas em 103 municípios. Caracterizada por uma economia de base agropecuária, a metade sul do estado está localizada em área de divisa com o Uruguai e a Argentina, constituindo-se, portanto, em local privilegiado para a implantação de projetos voltados para o Mercosul.

Susan Faria, com informações do portal da UFPel

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página