Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Candidatos que solicitem isenção precisam comprovar baixa renda
Início do conteúdo da página
Educação superior

Segunda etapa do Revalida 2017 será aplicada em novembro

  • Terça-feira, 31 de julho de 2018, 11h56
  • Última atualização em Quinta-feira, 02 de agosto de 2018, 12h16

Está confirmada para 17 e 18 de novembro deste ano a segunda etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira (Revalida) referente ao ano de 2017. A inscrição para essa nova fase se fará mediante o pagamento de uma nova taxa, no valor de R$ 450, e terá seu período de confirmação divulgado em breve pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia vinculada ao MEC.

A etapa consiste em prova de avaliação de habilidades clínicas, quando o participante percorre dez estações resolvendo tarefas como investigação de história clínica,  interpretação de exames complementares,  formulação de hipóteses diagnósticas,  demonstração de procedimentos médicos e aconselhamento a pacientes ou familiares.

Revalida – O exame subsidia os processos de revalidação, feito por determinadas universidades públicas, dos diplomas de médicos que se formaram no exterior. O Revalida é direcionado aos estrangeiros e brasileiros que se graduaram em outro país e querem exercer a profissão no Brasil. Para participar, é preciso ser brasileiro ou estrangeiro em situação legal de residência no Brasil e ter diploma médico expedido por instituição de ensino superior estrangeira, reconhecida no país de origem pelo seu ministério da educação ou órgão equivalente, e autenticado pela autoridade consular brasileira.

Assessoria de Comunicação Social

 

X
Fim do conteúdo da página