Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Ensino a distância: qualidade em debate
Início do conteúdo da página
Saúde

Ministro participa da cerimônia de entrega de obras do Hospital Universitário 2 de São Paulo

  • Sexta-feira, 21 de dezembro de 2018, 17h26
  • Última atualização em Sexta-feira, 21 de dezembro de 2018, 18h36

São Paulo, 21/12/2018 – O ministro da Educação, Rossieli Soares, participou, nesta sexta-feira, 21, da cerimônia de entrega da primeira fase das obras do Hospital Universitário 2 (HU2), da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Com uma verba total de R$ 60 milhões liberada pelo MEC, a unidade deve entrar em funcionamento no primeiro semestre de 2019.

“A maior rede de saúde hoje do Brasil é o MEC, por conta dos hospitais universitários que nós temos. Alguns estão na Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), outras não, como é o caso aqui do Hospital de São Paulo”, afirmou Rossieli Soares. “As pessoas não têm dimensão do tamanho disso dentro da educação brasileira e de milhões de brasileiros que são atendidos todos os dias com esses hospitais universitários”.

Com o início das atividades, o novo hospital, também chamado de Hospital Dia, vai prestar atendimento, inicialmente, nas áreas de ginecologia, obstetrícia, cirurgia vascular e urologia. No novo prédio serão realizadas consultas ambulatoriais e pequenas cirurgias.

“Cada vez mais eu entendo o significado do que estamos entregando aqui hoje para a sociedade. Não é só atendimento em saúde. É muito mais que isso”, reforçou Rossieli Soares. “Isso alcança o Brasil inteiro, porque temos pessoas formadas por essa instituição aqui em todos os cantos do país. E essa transformação poderá ser ainda maior com o HU2”.

Para a reitora da Unifesp, Soraya Smaili, a universidade se consolidou como uma grande instituição, atuando em todas as áreas do conhecimento e com tradição e excelência na área da saúde. “Hoje celebramos a entrega de uma unidade de Hospital Dia federal, construído com recursos do MEC para a saúde pública do Estado de São Paulo. Assim, nós reafirmamos o compromisso da universidade pública com a sociedade, proporcionando um atendimento de alta qualidade para a população”, celebrou.

Presente ao evento, o diretor do Hospital Universitário 2 (HU2), José Roberto Ferraro, destacou a importância da unidade. “Hoje é um dia feliz para todos nós, pois isso aqui é um sonho”, disse. “Esse prédio vai nos ajudar a melhorar a atenção à saúde do estado. Tenho certeza que todo paciente aqui atendido encontrará o que há de melhor no país. Cada centavo investido nesse hospital será revertido para a população de São Paulo”.

Unidade inaugurada nesta sexta, 21, deve entrar em funcionamento no primeiro semestre de 2019 (Foto: André Nery/MEC)

Assistência integrada – A meta é fazer do HU2 uma unidade de assistência integrada em saúde. No centro de diagnósticos, serão realizados exames de endoscopia digestiva e respiratória, estudo urodinâmico, fluxo vascular, histeroscopia, raios-X, tomografia, angiografia, ultrassom e análises clínicas. O hospital está programado para funcionar em três turnos de quatro horas diárias, durante 22 dias por mês.

No HU2 serão realizadas, ainda, atividades ambulatoriais e procedimentos de baixa complexidade no âmbito de anestesia, cardiologia, humanização em saúde, cirurgia plástica, cirurgia de tórax, cirurgia vascular, dermatologia, gastrocirurgia, gastroclínica, ginecologia, obstetrícia, oftalmologia, oncologia geral, otorrinolaringologia, pneumologia e urologia. Os ambulatórios possuem conexão entre si na lógica de linhas de cuidado e permitem associar consultas interdisciplinares.

A estrutura do hospital conta com mais de 16 mil metros quadrados de área construída. São 16 andares, onde funcionarão 120 consultórios, seis salas cirúrgicas, 25 leitos de internação/dia e sete leitos de recuperação pós anestesia. Todo esse espaço, paralelamente ao serviço para a comunidade, vai contribuir com a formação de residentes médicos e residentes multiprofissionais.

Unifesp – A Unifesp atua com atividades de ensino, pesquisa e extensão em seis campi implantados no estado paulista: Campus São Paulo (Escola Paulista de Medicina e Escola Paulista de Enfermagem), Campus Baixada Santista (Instituto Saúde e Sociedade e Instituto do Mar), Campus Guarulhos (Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas), Campus Diadema (Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêutica), Campus São José dos Campos (Instituto de Ciência e Tecnologia) e Campus Osasco (Escola Paulista de Política, Economia e Negócios).

Além do HU2/Hospital Dia, também são abrangidos pela Unifesp o Campus Zona Leste (Instituto das Cidades, ainda em implantação), o Hospital Universitário 1 e i Hospital São Paulo. Atualmente, a Universidade possui cerca de 13 mil estudantes de graduação, 5,3 mil de pós-graduação e mais de 1,1 mil residentes médicos e 575 residentes multiprofissionais. São 52 cursos de graduação e 68 de pós-graduação em todas as áreas do conhecimento.

Assessoria de Comunicação Social

Assunto(s): entrega , obras , hospital
X
Fim do conteúdo da página