Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > União repassa terceira parcela da complementação do Fundeb
Início do conteúdo da página
Educação superior

UFF apresenta projetos a Haddad

  • Quinta-feira, 12 de abril de 2007, 09h03
  • Última atualização em Segunda-feira, 28 de maio de 2007, 07h39

O ministro com o reitor da UFF: dois novos volumes do projeto devem ser lançados neste ano (Foto: Wanderley Pessoa)A possibilidade de ampliação da coleção do projeto Música Brasileira no Tempo foi o tema do encontro do ministro da Educação, Fernando Haddad, com o reitor da Universidade Federal Fluminense (UFF), Roberto Sales, e a regente da Orquestra Sinfônica Nacional (OSN) da UFF, Lígia Amadio. O projeto tem como objetivo disseminar a música brasileira erudita. Sales e Lígia foram recebidos por Haddad na quarta-feira, dia 11.

Em 2006, o Ministério da Educação repassou R$ 600 mil para a produção de dois volumes do projeto — Aurora Luminosa e Alma Brasileira. Para este ano, dois outros volumes — Música Viva e Música Nova — já estão em andamento. Eles abordarão os principais compositores dos períodos entre 1930 e 1985. Haddad falou da importância da continuidade do projeto e do estudo da música brasileira como uma referência para o País.

O material do projeto, distribuído em escolas públicas do País e apresentado na programação da TV Escola, está disponível no portal Domínio Público, do Ministério da Educação. São obras significativas da música sinfônica brasileira em diversos períodos do século XX, gravadas em CD e em DVD pela Orquestra Sinfônica Nacional.

Energia — Outro projeto da UFF apresentado ao ministro foi o de economia de energia elétrica, o Ecoeficiência. Funcionando há cerca de três anos, o projeto proporcionou uma economia de aproximadamente 30%.

Segundo Sales, com atitudes simples, como a troca de lâmpadas, a instalação de sensores de presença e a conscientização de poupar, principalmente, nos momentos de pico, a instituição conseguiu essa economia. O reitor disse ainda que o projeto está em reformulação para ganhar maior amplitude.

Gláucia Magalhães

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página