Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Sisu bate marca de 2 milhões de inscrições
Início do conteúdo da página
Educação superior

Sisu bate marca de 2 milhões de inscrições

  • Quarta-feira, 22 de janeiro de 2020, 14h20
  • Última atualização em Quarta-feira, 22 de janeiro de 2020, 15h21

Gratuito, procedimento deve ser feito até as 23h59 de domingo, 26, pela internet


Larissa Lima, do Portal MEC

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) tem 1.108.434 pessoas inscritas até o momento. O número foi atualizado no início desta quarta-feira, 22 de janeiro, pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub. Como cada candidato pode sinalizar interesse por até dois cursos, foram contabilizadas 2.095.174 inscrições ao todo. O período para inscrições fica aberto até as 23h59 de domingo, 26.

Foi registrado um pico com recorde histórico de 7 mil inscrições por minuto. Cerca de 70% dos acessos têm sido feitos por aparelhos mobile, como celulares e tablets. “O ritmo está indo muito forte e as pessoas utilizam mais o celular, aumentando o número de acessos”, afirmou Weintraub em rede social.

O Sisu é a principal forma de acessar o ensino superior público com a nota do Ensino Nacional do Ensino Médio (Enem), divulgada na semana passada. Para participar da seleção, é necessário não ter zerado a redação na edição de 2019 do exame. Neste semestre, são 237.128 vagas em 128 instituições de ensino superior públicas de todo o país. A inscrição é gratuita e deve ser feita na página do programa na internet.

Na inscrição, o candidato deve escolher até duas opções de cursos ofertados pelas instituições participantes. Por fim, o sistema seleciona os mais bem classificados em cada curso, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus. Caso o desempenho do candidato permita o ingresso nos dois cursos, prevalecerá a primeira opção, com apenas uma chamada para matrícula.

A data final de inscrições seria sexta-feira, 24. Com as inconsistências na correção das provas do Enem, o Ministério da Educação (MEC) decidiu dar mais tempo para os estudantes, para evitar prejuízos. Os resultados serão divulgados no dia 28 de janeiro. Confira abaixo as demais datas:

  • matrícula ou registro acadêmico nas instituições participantes: até 4 de fevereiro;
  • lançamento da ocupação nas vagas pelas instituições participantes: até 7 de fevereiro;
  • manifestação de interesse para constar na lista de espera: até as 23h59 de 4 de fevereiro.

cronograma foi publicado na edição de 3 de dezembro, do Diário Oficial da União (DOU). O edital completo está na página do Sisu e a retificação com a prorrogação do prazo, na edição do DOU desta terça-feira, 21 de janeiro.

Sisu – O Sisu é uma das formas de ingresso à educação superior com a nota do Enem. Trata-se do sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a participantes do exame. Quem não conseguir uma vaga pelo Sisu, pode tentar uma vaga pelos vestibulares tradicionais.

Há ainda o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferta bolsas integrais e parciais (50%) em instituições privadas, e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies), para financiar o valor da graduação.

Confira os cronogramas dos principais programas do MEC para acesso ao ensino superior no primeiro semestre de 2020.

Assunto(s): Enem , educação superior , Sisu
X
Fim do conteúdo da página